Aconteceu!

HOMEM REPROVA 192 VEZES EM EXAME DE DIREÇÃO, MAS NÃO DESISTE


Mesmo com carteira, motorista pode não receber muitos pedidos de carona (Amanda Dias/BHAZ)

Muitos motoristas não passam na primeira, segunda, até mesmo na terceira ou quarta tentativa para conseguir uma carteira de habilitação. Seja na prova teórica ou prática, a situação deixa muitas pessoas frustradas, e algumas delas até pensam em desistir. Um homem de 50 anos, contudo, superou as expectativas e reprovou um total de 192 vezes, nos últimos 17 anos. Mesmo com todas as falhas, ele confirmou que vai continuar em busca da carteira de motorista.

As informações são do Notes from Poland. O homem natural da cidade de Piotrków Trybunalski, na Polônia,não teve o nome divulgado. Ele teria gastado cerca de 1,3 mil euros – R$8,5 mil na cotação atual – em taxas admissionais, segundo informações da mídia local.

Para obter uma carteira de motorista na Polônia, assim como no Brasil, os candidatos devem primeiro passar por um exame teórico antes do prático. Não há limite para o número de tentativas. A taxa de aprovação geralmente varia entre 50% e 60% para o teste teórico, enquanto é geralmente inferior a 40% para o prático. Na terceira maior cidade da Polônia, Łódź, a taxa de aprovação, em 2020, foi de 24,9%, a menor do país.

Em média, os poloneses passam no teste de teoria na segunda ou terceira tentativa. O segundo pior “motorista” do país está localizado na mesma cidade que o homem de 50 anos; onde um candidato tentou 40 vezes, relata o TVP. Um candidato na cidade de Opole, no sudoeste, registrou 113 tentativas.

E agora?

Na Polônia, não existe um limite de tentativas. O caso levantou preocupações sobre o número de tentativas que os candidatos deveriam ser permitidos. “Deveria haver um regulamento na Polônia que proibisse um candidato de fazer o exame mais de 20 ou 30 vezes”, argumentou Stanisław Kobusiewicz, instrutor de direção citado pela TVP.

“Se alguém ignora as regras e não as conhece, não deve conduzir nas ruas. Afinal, pode representar um perigo para os outros ”, disse Kobusiewicz.

No início deste ano, a mídia britânica noticiou que um homem de 42 anos finalmente passou em seu teste de teoria na 158ª tentativa, um recorde nacional. Já o motorista de Piotrków Trybunalski ainda tem um caminho a percorrer para chegar ao recorde 950 testes reprovados, alcançado por uma mulher na Coréia do Sul, em 2009.

Edição: Roberth Costa

BHAZ*

Nenhum comentário