Aconteceu!

APÓS ERRO, 46 PESSOAS TOMAM VACINA DA COVID NO LUGAR DE DOSE DA GRIPE

 

Foto: Reprodução

Um engano fez com que 46 pessoas que deveriam se vacinar contra a gripe recebessem uma dose contra a Covid-19 na última terça-feira (13/4). Uma técnica de enfermagem teria se confundido na separação dos frascos das doses dos imunizantes.

Com isso, receberam a primeira dose da Coronavac — imunizante produzido pelo Instituto Butantan —, na Escola José Cruz, 18 adultos, entre eles uma gestante, e 28 crianças. Ao G1, a Secretaria Municipal de Saúde de Itirapina (SP), onde o caso ocorreu, afirmou que o erro só foi notado devido ao controle no estoque das vacinas contra a Covid-19.

O Butantan voltou a reforçar que, “conforme indicado em bula, a vacina é indicada para indivíduos com 18 anos ou mais e não há conclusões científicas até o momento de segurança ou eficácia da vacina na população pediátrica ou em gestantes”.

Segundo o governo do estado, foram disponibilizados em São Paulo, a partir de segunda-feira (12/4), mais de 4 mil postos de vacinação fixos e volantes no SUS estadual, preparados para aplicar as doses contra a influenza nos grupos prioritários.

Entre as 28 crianças que receberam a dose, há um menino de apenas 1 ano e 10 meses. A recomendação pediátrica e da Vigilância em Saúde é que as mães fiquem em observação constante. Uma equipe médica avaliará e orientará, por 14 dias, todas as pessoas vacinadas por engano.

Em nota, a Prefeitura de Itirapina, informou que as “providências para a segurança dessas pessoas foram tomadas e, segundo orientação dos médicos especialistas consultados, o fato não traz riscos para a saúde dos envolvidos”. “É importante salientar que até o momento nenhuma anormalidade foi detectada”, afirmou.

Em dezembro, o coordenador-executivo do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, João Gabbardo dos Reis, afirmou, em coletiva de imprensa, que a Coronavac não é indicada para menores de 18 anos nem para gestantes.

Fonte: METRÓPOLES

Nenhum comentário