Aconteceu!

ADAF APREENDE 354 QUILOS DE ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL IRREGULARES

 

354 quilos de produtos cárneos produzidos de maneira irregular. Foto: Divulgação/Adaf

Equipe de fiscalização da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) apreendeu na tarde desta quinta-feira (17/06), 354 quilos de produtos cárneos produzidos de maneira irregular, no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. O estabelecimento tem registro no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) apenas para processamento de carne bovina, mas estava processando irregularmente carne suína, camarões e charque.

Outros 34 quilos de queijo, camarão e presunto foram imediatamente inutilizados e descartados, por não apresentarem condições adequadas para consumo.

Os produtos apreendidos cautelarmente apresentavam uma série de irregularidades, como a ausência de rótulos e uso indevido do selo do SIE. O fiscal da Adaf, Ruben Coelho dos Santos, ressalta que o estabelecimento estava usando o mesmo selo – que autoriza a empresa a processar apenas carne bovina – para produzir linguiça suína, de frango, fatiar e embalar charque entre outros itens. Como a empresa não tem registro para realizar tais procedimentos, não há nenhuma garantia de que o processo é feito segundo as boas práticas, e que os produtos sejam seguros para o consumo. A empresa foi autuada e tem prazo de 30 dias para apresentar defesa junto à Adaf. 

Todo estabelecimento que opera com processamento de alimentos de origem animal precisa procurar o escritório da Adaf para buscar orientações, antes mesmo de iniciar a produção. Qualquer cidadão pode encaminhar à Adaf denúncias, relacionadas ao processamento de alimentos de origem animal, por meio da Ouvidoria da agência pelo telefone 92 99380-9174.

Nenhum comentário