Aconteceu!

BRASIL DERROTA PERU POR 1 A 0 E ESTÁ NA FINAL DA COPA AMÉRICA

Paquetá e Neymar comemoram gol que deu a vaga ao Brasil na final da Copa América Foto: Foto Lucas Figueiredo/CBF / Agência O Globo

Nem mesmo o gramado do Engenhão — alvo recorrente de reclamação dos jogadores — e a ausência do titular do comando de ataque, Gabriel Jesus, comprometeram a segura atuação da seleção brasileira. Em nova boa atuação de Neymar e Lucas Paquetá, o Brasil venceu o Peru por 1 a 0 e está garantido na grande final Copa América. Mesmo assim, a vitória por vantagem mínima deixa o torcedor preocupado.

Após goleada no próprio Peru na estreia, por 4 a 0, o Brasil empatou um jogo e venceu outros quatro, mas todas com a vantagem mínima. De positivo, as atuações de Neymar pela seleção se mantêm em alto nível. O atacante segue sendo o melhor e mais importante jogador da equipe, de onde saem a grande maioria das jogadas, como no gol da vitória.

Em um momento de desatenção da defesa peruana, Neymar recebeu nas costas do lateral adversário, avançou e, mesmo chegando a estar cercado por quatro adversários, achou uma caneta e um cruzamento preciso para Paquetá arrematar, marcando o gol que deu a vitória ao Brasil. Àquela altura, no entanto, Gallese já havia salvado o Peru em duas boas defesas no mesmo lance.

O técnico Tite segue com dificuldades de repor algumas peças do elenco. As mudanças costumam fazer diminuir o ritmo da equipe, como aconteceu ontem, com as entradas tardias de Fabinho e Vinícius Júnior, que pouco puderam fazer. Além disso, a preocupação para o técnico aumentou com a saída de Paquetá, já no fim do jogo, após falta de López.

— Paquetá é um grande jogador, vem crescendo a cada partida que ele vem jogando pela seleção. Vem de uma grande temporada pelo seu clube. E aqui ele vem demonstrando que pode ser um jogador muito importante para nós. Eu fico muito feliz com a participação dele na partida, com o jogo que ele fez, uma excelente partida — disse Neymar após o jogo, admitindo a torcida para enfrentar a Argentina na final do torneio. — Eu quero a Argentina. Torcendo para a Argentina, porque tenho amigos ali. E, na final, vai dar Brasil.

Após a sequência de seis jogos em 23 dias, o Brasil terá um longo intervalo sem jogos, na preparação para a grande decisão do torneio. Agora, a seleção aguarda o confronto desta terça, entre Argentina e Colômbia, em Brasília, para descobrir o seu adversário na decisão, no próximo sábado, no Maracanã, às 21h.

*Extra

Nenhum comentário