Aconteceu!

MEMBROS DA OAB AMAZONAS SE REÚNEM PARA DESAGRAVO PÚBLICO EM PROL DAS PRERROGATIVAS DA ADVOCACIA

 


Na tarde desta quarta-feira, 28, membros da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Amazonas (OAB/AM), reuniram-se em um desagravo público, com concentração na sede da Ordem, seguindo em direção a 6ª Companhia Interativa Comunitária (CICOM). A manifestação aconteceu em decorrência do episódio de agressão sofrido pela advogada Dra. Patrícia Pereira da Silva (OAB 3689), por policiais militares, sendo impedida de atuar no exercício da advocacia.

A iniciativa partiu da presidente, Dra. Grace Benayon, após o caso que se tornou notório e comentado em toda a mídia local, afim de garantir a manutenção dos direitos e prerrogativas da advocacia. 


“Não podemos permitir que seja praticado nenhum tipo de abuso de autoridade contra a advocacia, portanto, continuamos na apuração e em busca de justiça”, afirma a Presidente da Seccional Amazonense.

Como primeira iniciativa, membros da OAB/AM, reuniram-se ontem, 27, com a cúpula da Segurança Pública do Estado do Amazonas, para tratativas acerca das agressões.


O Secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas, Cel. PM Louismar Bonates, comprometeu-se em apurar os fatos, com rigor, e afastou o policial de suas atividades. Para o Secretário, as duas atividades são essenciais para a sociedade, o trabalho da imprensa e da advocacia: “São duas áreas necessárias para o bom trabalho da segurança e da garantia do cidadão, esse fato está sendo apurado com todo rigor e deve ter o acompanhamento da OAB/AM, pois não pode ficar sem os desdobramentos cabíveis ou sem nenhuma resposta”, pontua.

Nenhum comentário