Aconteceu!

OPERAÇÃO DA PF MIRA GRUPO POR DESVIAR R$ 1,5 BILHÃO EM CRIPTOMOEDA


Dinheiro foi apreendido. Foto: Divulgação/ PF

Manaus/AM - Uma operação da Polícia Federal mira um grupo suspeito de desviar mais de R$ 1,5 bilhão em negociações de criptomoeda, em Curitiba. São cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão, na manhã desta segunda-feira (5).

Ao todo, a Justiça expediu 22 mandados de busca e apreensão, além de um mandado de prisão preventiva e quatro de prisão temporária, assim como sequestro de imóveis e bloqueio de valores.

As investigações começaram em 2019, após o grupo registrar um boletim de ocorrência afirmando que havia sido vítima de um ataque cibernético. À época, os valores de todos os credores foram bloqueados pela empresa, que controla três corretoras.

Com o passar das investigações, a Polícia Civil e o Ministério Público do Paraná desconfiaram que o ataque cibernético era falso e que o grupo havia cometido crimes, como estelionato. Segundo a PF, os suspeitos não estavam colaborando com a apuração policial.

A operação investiga crimes de lavagem de capitais, estelionato, organização criminosa, além de delitos contra a economia popular e o sistema financeiro nacional.

Segundo a PF, o montante desviado pode ser ainda maior, já que existem indícios da prática de outros crimes. O total de R$ 1,5 bilhão é referente aos valores devidos aos sete mil credores que negociaram com a empresa.

Carros de luxo foram apreendidos durante a operação.

Fonte: Portal do Holanda


Nenhum comentário