Aconteceu!

CHINA USA DRONES E BANANAS PARA LEVAR ELEFANTES DE VOLTA PARA CASA

China usa bananas para guiar manada de 14 elefantes  e monitora o trajeto por drones
REPRODUÇÃO VIA REUTERS TV


Primeiro, pede-se à população que fique em suas casas, depois a eletricidade é cortada e, finalmente, bananas são depositadas em uma extremidade da cidade para atrair os elefantes.

É assim que se desenvolve a rotina para conduzir uma manada de 14 elefantes selvagens, cuja peregrinação pela China desencadeou uma operação para levá-los de volta para casa, por áreas íngremes, sinuosas e às vezes povoadas.

O público chinês se deleita em assistir a marcha dos elefantes, incluindo seus desfiles pelas ruas e quando vão dormir em campo aberto.

Tarefa paquidérmica
Mas é uma tarefa difícil para cerca de trinta bombeiros florestais encarregados de levar os elefantes de volta para casa.

Eles têm que seguir os animais que avançam à noite e podem desaparecer em uma floresta e caminhar 30 quilômetros por dia.

É o mais ao norte da China que os elefantes selvagens asiáticos já alcançaram, disse Yang Xiangyo, chefe da equipe.

"Antes disso, víamos elefantes só no zoológico ou na televisão", comentou.

A força-tarefa foi formada em maio, quando os elefantes se aproximaram de Kunming, a capital regional.

Usando drones para rastrear os animais, os membros da equipe dormem na intempérie ou em seus veículos.

À medida que as nuvens se abrem, as silhuetas cinzentas de elefantes aparecem em uma clareira na floresta perto de uma aldeia, onde procuram comida com suas trompas antes de irem descansar.

Eles se movem novamente ao pôr do sol, e seus companheiros se movem com eles.

Ao se aproximarem de uma cidade, a equipe usa alto-falantes e bate nas portas para pedir aos moradores que fiquem em casa, de preferência no andar superior, fora do alcance dos visitantes famintos.

Também cortam a energia elétrica para evitar que os elefantes sejam eletrocutados ou iniciem incêndios.

Assim que os elefantes passam, a equipe planeja um novo destino para onde irão quando a manada retomar sua marcha ao anoitecer.

Inteligentes e mortais
A equipe florestal ficou impressionada com a inteligência desses animais.

Uma fêmea madura lidera o caminho, sempre encontrando a melhor rota para avançar em busca de comida e água, ou o ponto mais seguro para cruzar um riacho, disse Yang.

Usam galhos presos ao tronco para ajudar seus companheiros a coçar, espantar insetos ou, aparentemente, fazer desenhos no chão.

Usam a lama como protetor solar, podem fazer um "chapéu" com grama, e com as trompas conseguem abrir uma torneira, uma porta ou levantar a tampa de um poço, segundo Yang.

Há três jovens no grupo, dois deles nascidos durante a odisseia. Os elefantes adultos foram vistos usando seus corpos grandes para esmagar grades na estrada e permitir que os jovens passem por cima.








Fonte: R7

Nenhum comentário