Aconteceu!

FLAMENGO MASSACRA EM BRASÍLIA E ESTÁ NA SEMIFINAL DA LIBERTADORES

Evaristo Sa-Pool/Getty Images

Diante de 11.211 torcedores, o Flamengo massacrou o Olimpia sem dó, no Mané Garrincha, nesta quarta-feira (18/8). Gabigol (duas vezes), Bruno Henrique, Salcedo (contra) e Willian Arão fizeram os gols da vitória por 5 x 1. Recalde diminuiu para os paraguaios.

O time de Renato Gaúcho é o segundo time brasileiro — de quatro possíveis — na semifinal da Libertadores. Nesta quinta (19/8), Barcelona de Guayaquil e Fluminense medem forças para saber quem enfrenta o Rubro-Negro por vaga na grande final.

O primeiro tempo começou bastante equilibrado em todos os quesitos. Sem finalizações de ambos os lados e uma tentativa do Flamengo de ter o controle de jogo, porém muitas vezes atuando mais na defensiva, vendo o Olimpia trabalhar a bola.

Até que, aos 29 minutos, Everton Ribeiro lançou Rodinei, o lateral avançou bem pela direita e deu o passe para Gabigol só escorar pro fundo das redes. O Flamengo abre o placar, ampliando a vantagem no agregado pra 5 x 1.

No minuto 36, o Rubro-Negro conseguiu acionar um ataque rápido após a roubada de bola no meio-campo. Gabriel avançou cortando para o centro, fez o passe muito forte para Everton Ribeiro, mas o camisa 7 conseguiu ficar com ela e entregar para Arrascaeta mais atrás. O uruguaio cruzou para Bruno Henrique fazer 2 x 0 de cabeça, 6 x 1 na soma dos placares.

Já no fim da primeira etapa, o Olimpia teve um contra-ataque, Recalde recebeu pela esquerda e fez o que quis dentro da área de Diego Alves. Driblou o goleiro e teve muita calma pra estufar as redes, diminuindo a diferença para 2 x 1, 6 x 2 no total.

2º tempo

Os comandados de Renato Gaúcho não se intimidaram com o gol do Olimpia. Já aos 3 minutos, depois de Léo Pereira quase deixar o seu, a bola ficou viva na frente do gol sem goleiro e Willian Arão encheu o pé pra fazer 3 x 1. Sem perder a conta: 7 x 2 na soma dos placares.

Sete instantes depois, Arrascaeta cobrou escanteio pela esquerda e Salcedo antecipou Léo Pereira, mas se atrapalhou e mandou contra o próprio gol, 4 x 1 pro Flamengo. Com o mesmo placar da ida, o agregado é de 8 x 2.

Ainda deu tempo para mais. No minuto 31, após grande jogada, Diego cruzou pela esquerda, na cabeça de Gabigol que guardou o seu segundo da noite. O placar mostrava 5 x 1, mas a soma com a partida de ida resultava em 9 x 2.






Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário