Aconteceu!

GOVERNO DO AMAZONAS REALIZA AÇÃO HUMANITÁRIA PARA O SETOR PRIMÁRIO NA REGIÃO DO JURUÁ


Seguindo com as entregas de cestas básicas no Amazonas para os pescadores artesanais, o Governo do Estado destinou, nesta sexta-feira (27/08) e no sábado (28/08), mais de 4 mil cestas básicas para os municípios de Eirunepé, Guajará, Envira, Ipixuna, Uarini e Novo Aripuanã. O governo estadual ainda realizou a assinatura do Termo de Adesão Municipal ao Garantia Safra Amazonas biênio 2021/2022, a assinatura de termos de cooperação técnica em Envira e Guajará, e a entrega de cheques-pagamento para associações de trabalhadores rurais.
Na ação itinerante de doação de cestas, foram beneficiados os pescadores artesanais afetados pela pandemia e atingidos pela cheia histórica, cadastrados em colônias, associações e sindicatos, e que possuem o Registro Geral de Pesca (RGP) ativo junto à Secretaria Especial de Aquicultura e ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).


A doação faz parte do Termo de Cooperação Técnica firmado entre o Governo do Amazonas, por meio da Sepror, que realiza a entrega das cestas básicas; e o Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania (MC), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab/AM), Mapa/AM e Superintendência Federal da Agricultura (SFA/AM), órgãos responsáveis pela aquisição das cestas.
Na sexta-feira (27/08), foram entregues 506 cestas básicas para Eirunepé, 1.258 para Novo Aripuanã e 861 para Guajará. Já no sábado (28/08), foram destinadas 335 cestas para Envira, 866 para Ipixuna e 315 para Uarini.
“Nós estivemos por muito tempo alagados pela enchente, prejudicando todos os pescadores. Então, agora, só temos que agradecer ao governo estadual e federal e a toda a comitiva que está entregando as cestas. Estamos muito felizes”, agradeceu Joacy Afonso, presidente da Colônia de Pescadores Z-30 de Eirunepé.
Ao todo, já foram entregues mais de 38,5 mil cestas básicas em 37 municípios do Amazonas.
Garantia Safra Na oportunidade também foi assinado o Termo de Adesão Municipal ao Garantia Safra Amazonas biênio 2021/2022.
O Governo Federal incluiu o Amazonas no programa Garantia Safra em junho último, visando a safra 2021/2022. A iniciativa proposta pelo governo Wilson Lima irá beneficiar inicialmente, conforme o Mapa, agricultores familiares na Bacia do Juruá.
“O governador Wilson Lima buscou apoio do Governo Federal, junto ao Ministério da Agricultura, visando socorrer os pequenos agricultores que todos os anos são atingidos pela cheia ou seca rigorosa, causando prejuízos econômicos para esses trabalhadores. E o Garantia Safra é uma renda para ajudar esses pequenos produtores rurais que sofrem com essas intempéries e não recebem o apoio necessário”, destacou o secretário Petrucio Magalhães Júnior, titular da Sepror.
Termo de Cooperação Técnica O Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), assinou em Envira (a 1.208 quilômetros de Manaus), um termo de cooperação técnica com a Prefeitura. O objetivo é fortalecer ações que visam o desenvolvimento socioeconômico e produtivo das famílias rurais.
Programa ADS SolidáriaA Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) adquiriu 4 toneladas de produtos oriundos da agricultura familiar, totalizando aproximadamente R$ 21 mil, para os municípios de Guajará (a 1.476 quilômetros da capital) e Envira. Entre os produtos estão melancia, ovos, farinha, abacaxi e jerimum.
Defesa AgropecuáriaFoi assinado termo de cooperação técnica entre o Governo do Amazonas, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado (Adaf) e a Prefeitura de Guajará, para desenvolver ações em conjunto visando a promoção e a salvaguarda do patrimônio animal e vegetal do estado.

Entrega de chequesTrês associações do setor primário da calha do Juruá, sediadas nos municípios de Eirunepé (distante 1.160 quilômetros de Manaus), Guajará e Ipixuna (a 1.367 quilômetros da capital) receberam, na sexta-feira (27/08) e no sábado (28/08), cheques-pagamento de fomento para a aquisição de equipamentos, insumos agrícolas e material permanente, por meio de edital do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). O valor total do recurso destinado às entidades é de R$ 414.719,00.
FOTOS: Emerson Martin

 

Nenhum comentário