Aconteceu!

SHOW DE LANÇAMENTO DO PRIMEIRO EP DE SANTAELLA ACONTECE DOMINGO, NO LUAR DE UAICURAPÁ

 

Foto: Divulgação

O primeiro EP do cantor e compositor Santaella terá show de lançamento neste domingo, dia 22, a partir das 17 horas, no gastrobar Luar de Uaicurapá (Av. Rio Madeira,452 – Vieiralves), com pré-show da banda Jambu. O disco “Primavera”, totalmente autoral, estará disponível nas plataformas digitais desde sexta, dia 20.

No repertório do show, além das cinco faixas do disco, Santaella vai cantar outros singles autorais já lançados, e ainda interpretações de grandes sucessos da MPB e do pop rock internacional, incluindo aí as músicas que defendeu durante sua participação no reality musical The Four Brasil. “Estou muito feliz em poder voltar a ter contato com o público depois de tanto tempo”, comemorou.

Primeira subir no palco, às 17 horas, a banda Jambu vem se destacando na cena pop-rock de Manaus desde o ano passado. De lá pra cá eles já lançaram quatro singles e um EP.

No show de domingo, Santaella estará acompanhado de Bruno Mattos, no baixo; Lucas Cajuhy, na guitarra e Amada Procópio, na bateria e percussão.

O espaço seguirá rigorosamente as medidas de restrição, com afastamento de mesas, álcool em gel e uso de máscaras.

Os ingressos custam R$ 30,00 (couvert individual). Com o nome na entrada, o preço cai pra R$ 25,00. Mesas podem ser adquiridas antecipadamente por R$ 80,00, com direito a quatro ingressos. As reservas podem ser feitas pelo telefone (92) 98803 4315 ou por direct nos perfis do artista e da casa no Instagram: @matheusantaella e @luardeuaicurapá. Os ingressos são limitados!

*Sobre o EP*

O disco traz duas faixas inéditas além de três singles já lançados este ano. As novas músicas são “Nunca Limite”, uma mistura de pop-rock com neo soul, e o pop Primavera, que dá nome ao EP. O disco tem também “Horizonte”, lançada em maio; “É Só Aceitar”, em junho e “Vinte Minutos”, último lançamento, ocorrido em julho.

Santaella começou a gravação do EP no final de 2019, ainda em São Paulo, contando, inclusive, com apoio de uma campanha de financiamento coletivo, a chamada “vaquinha virtual”. A pandemia do novo coronavírus acabou atrasando os planos de lançar o disco ainda em 2020. “Quando começamos a gravar, tivemos que entrar no isolamento, até o estúdio ficou sem funcionar. Vim para Manaus, pra ficar perto da família e a conclusão do trabalho, foi adiada, mas acabou sendo finalizada à distância, num ponte entre Manaus e São Paulo”, explicou.

Todas as músicas do EP foram gravadas no estúdio Doze Dólares, em São Paulo. Produção musical, e masterização são de Pedro Serapicos. Os músicos convidados são Bruno Mattos, no baixo; Lucas Cajuhy, na guitarra; Raphael Pérez, na bateria e Diego Vargas, nos teclados. Santaella também faz os backing vocals das músicas. Toda a concepção artística das capas e identidade visual ficaram a cargo de Aurora C.o., de Bruna Dutra e Luana Stehling.

*Sobre o artista*

O cantor e compositor Santaella começou sua carreira musical aos 11 anos, como vocalista da Banda Sinon. Em 2017, mudou-se para São Paulo, para estudar Música na Faculdade Belas Artes e começou sua carreira solo. Em 2019, foi semi-finalista do reality musical The Four Brasil, apresentado por Xuxa Meneghel, na Rede Record. Voltou a Manaus em 2020.

Possui nove singles lançados: Hemisfério Hostil (2018), Só Agora (2019), Estado Natural (2019), Vem Cá Me Diz (2020, em dueto com Beatriz Procópio), Não Há Por Que (2020), Horizonte (2021),  É Só Aceitar (2021) e Vinte Minutos (2021), além de uma faixa no EP Banzeiro Novo, com a música “Hemisfério Hostil – Ao vivo”, gravada no Teatro Amazonas.


Nenhum comentário