Aconteceu!

FGV DIVULGA RESULTADOS PRELIMINARES DAS PROVAS OBJETIVAS DO CONCURSO DO TCE-AM

 

Foto: divulgação

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou, no início da noite desta sexta-feira (17), o resultado preliminar das provas objetivas do concurso do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM). A instituição é a banca realizadora do certame que foi realizado nos dias 18 e 25 de agosto, com 40 vagas para provimento imediato na Corte de Contas, com vencimentos de até R$ 8,3 mil, além de benefícios.

A lista está disponível no site da Fundação Getúlio Vargas, por meio do link https://conhecimento.fgv.br/concursos/tceam21 , e em edição extra do Diário Oficial Eletrônico do TCE, no endereço virtual https://doe.tce.am.gov.br/.

Conforme a FGV, os candidatos poderão, a partir das 0h de segunda-feira (20), interpor recursos, com prazo final às 23h59 de terça-feira (21). O link para a interposição dos recursos ainda será divulgado no site da Fundação. Ainda segundo a banca realizadora, o resultado definitivo de todas as provas objetivas será divulgado, na próxima sexta-feira (24).

Após a divulgação dos resultados definitivos das provas objetivas, a FGV iniciará a etapa do certame correspondente à correção das provas subjetivas. Nessa fase, serão corrigidas apenas as provas dos candidatos que alcançaram pontuação mínima nas provas objetivas. Ainda segundo a banca realizadora, .

“A divulgação desses resultados em um excelente tempo mostra o quanto estamos empenhados em fazer com que esse concurso seja o mais célere possível. Não temos dúvidas que em breve poderemos receber os aprovados já para a fase de entrega de documentos o tão sonhado período de posse”, destacou o presidente do TCE, conselheiro Mario de Mello.

O concurso teve a confirmação de mais de 15 mil candidatos para disputa das 18 vagas para o cargo de Auditoria Governamental; duas para o Ministério Público de Contas; cinco para o cargo de Auditoria de Obras Públicas e 15 para Auditoria de Tecnologia da Informação.

Para o coordenador da comissão do concurso, conselheiro Érico Desterro, a realização do certame representa um momento histórico com a reconstituição do quadro de servidores da Corte de Contas.

“Esse concurso era muito esperado por todos nós. Pela grande quantidade de inscritos e pela qualidade das questões contidas nas provas, podemos ter certeza que todos os candidatos aprovados terão excelência na realização dos trabalhos na Corte de Contas”, comentou o coordenador.

A expectativa da Fundação Getúlio Vargas para a divulgação do resultado final do concurso é de que aconteça ainda em setembro.

Nenhum comentário