Aconteceu!

GOVERNO DO AM PUBLICA NOMEAÇÃO DE 13 APROVADOS NO CONCURSO DA ADAF

 

Foto: Divulgação

O Governo do Amazonas publicou, na edição de 23 de setembro do Diário Oficial do Estado (DOE), a nomeação de mais 13 candidatos aprovados no primeiro concurso público da Agência de Defesa Agropecuária do Amazonas (Adaf), realizado em 2018. A chamada para as 208 vagas previstas no edital foi concluída em dezembro do ano passado, e a nova convocação visa ao preenchimento dos cargos deixados por candidatos que não tomaram posse no prazo legal nas chamadas anteriores.

A nomeação inclui candidatos de ampla concorrência e pessoas com deficiência. Estão sendo chamados aprovados nos cargos de Assistente Técnico, Motorista, Motorista Fluvial, Técnico de Fiscalização Agropecuária, Engenheiro Agrônomo, Fiscal Agropecuário Engenheiro Florestal e Médico Veterinário. Os nomeados receberão uma notificação pessoal da agência para entregar os documentos exigidos e tomar posse.

O diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, destaca que a nomeação dos aprovados para o preenchimento total das vagas vai fortalecer as ações de defesa do patrimônio animal e vegetal do estado. “Com isso, vamos contribuir para a valorização dos produtos regionais, para o fortalecimento econômico do estado e para a manutenção da saúde pública”, afirma.

O primeiro concurso da Adaf ofertou 208 vagas e teve o resultado homologado no dia 29 de maio de 2019. Em razão das limitações impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a nomeação dos aprovados somente foi possível mediante assinatura de um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) entre o Governo do Amazonas, Procuradoria Geral do Estado (PGE), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público de Contas.

A primeira chamada de aprovados foi realizada em março de 2020. Em novembro, a Adaf nomeou 20 candidatos para vagas remanescentes da primeira convocação e, em dezembro, concluiu o chamamento para todas as vagas previstas no edital. Agora, o Governo do Estado publica nova nomeação, para substituição dos candidatos que não tomaram posse no prazo determinado.

Nenhum comentário