Aconteceu!

WILSON LIMA DESTACA QUE AMAZONAS LIDERA EM COMPETITIVIDADE NA REGIÃO NORTE E NORDESTE

Foto: Herick Pereira/Secom

O governador Wilson Lima destacou, nesta segunda-feira (04/10), que entre as 27 unidades da federação, o Amazonas ocupa o 11º lugar no Ranking de Competitividade dos Estados aferido pelo Centro de Lideranças Públicas (CLP). O relatório produzido pela instituição mostra, ainda, que entre os estados das regiões Norte e Nordeste, o Amazonas é o mais bem posicionado no ranking, ultrapassando o Ceará, que é o 12º colocado no país.

O levantamento é realizado desde 2011 e divulgado anualmente pelo CLP.  Wilson Lima destacou os números do relatório durante o lançamento de mais uma edição do Programa de Regularização Fiscal (Refis), com a concessão parcial de remissão e anistia de juros e multas de débitos de impostos e contribuições.

O lançamento do Refis 2021, seguido de entrevista coletiva na qual o governador ressaltou os dados do relatório do CLP, ocorreu na manhã de hoje na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Amazonas (Fecomércio), com a presença de membros da entidade, dos deputados estaduais Adjuto Afonso e Serafim Corrêa e do vereador João Carlos.

“Em sustentabilidade ambiental, nós subimos sete posições, passamos de 19º para 12º, e isso diz respeito à melhoria nos indicadores de emissões de CO2. Em eficiência da máquina pública, subimos três posições em relação ao ano de 2020, nós passamos do 8º lugar para o 5º lugar em potencial de mercado. Subimos três posições, passamos da 4ª para a 1ª colocação com melhora relativa no indicador de taxa de crescimento. Então, todos esses números são resultados do investimento que o Governo do Estado tem feito, das condições e do ambiente de negócios que nós criamos”, destacou.

Na Edição 2021, do Ranking de Competitividade dos Estados do CLP, Amazonas e Piauí mereceram destaque positivo, por terem sido os que mais ganharam posições em relação à edição de 2020. O estado ganhou três posições e o Piauí, saiu da 26ª para a 20ª colocação.

O estudo leva em conta indicadores considerados fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública dos estados brasileiros, distribuídos em 10 pilares temáticos: Infraestrutura, Sustentabilidade Social, Segurança Pública, Educação, Solidez Fiscal, Eficiência da Máquina Pública, Capital Humano, Sustentabilidade Ambiental, Potencial de Mercado e Inovação.

Indicadores do Ranking de Competitividade – Segundo o Centro de Liderança Pública (CLP), as 27 unidades federativas foram avaliadas a partir de 86 indicadores, distribuídos nos dez pilares temáticos considerados fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública dos estados brasileiros.

O relatório completo do Ranking pode ser encontrado no link https://www.rankingdecompetitividade.org.br.

Nenhum comentário