Aconteceu!

SECRETARIAS E ÓRGÃOS ESTADUAIS FIRMAM TERMO DE COOPERAÇÃO PARA ENTREGA DO AUXÍLIO ESTADUAL PERMANENTE

FOTOS: Tácio Melo/Secom

Entrega do auxílio de R$ 150 começa na próxima quarta-feira (10/11) na capital

Cumprindo mais uma etapa para o início da distribuição do Auxílio Estadual permanente a 300 mil famílias do Amazonas, secretarias e órgãos estaduais firmaram, nesta sexta-feira (05/11), um termo de cooperação técnica para a entrega dos cartões em todo o Estado. A entrega do auxílio começa na próxima quarta-feira (10/11) na capital.

O site para consulta de quem tem direito ao valor mensal de R$ 150 já está disponível em www.auxilioestadual.com.br. Para saber se o indivíduo está contemplado e o local de entrega do cartão, é necessário informar apenas o CPF e a data de nascimento. Famílias de 62 municípios serão alcançadas pelo benefício, considerado o maior programa de transferência de renda da história.

“Todos os meses serão repassados para essas famílias algo em torno de R$ 45 milhões. Nós conseguimos fazer isso porque nós cortamos aquilo que era supérfluo, trabalhamos com austeridade, administramos corretamente as finanças e por isso que estamos conseguindo fazer não só essa entrega, mas também outras entregas como infraestrutura, reajuste dos servidores públicos, alterações que mudam a vida das pessoas”, disse o governador Wilson Lima.

Aproximadamente 900 servidores serão mobilizados para a distribuição dos cartões na capital e interior do estado. O projeto de lei do Governo do Amazonas que institui o benefício foi aprovado pelos deputados estaduais em 27 de outubro. Wilson Lima destacou que o auxílio passará a ser pago independentemente de até quando possa se estender a pandemia do novo coronavírus.

Entrega – Além do acordo de cooperação técnica firmado hoje entre os representantes de 26 órgãos e secretarias, equipes de assistência social iniciaram a conferência dos cartões do Auxílio Estadual permanente e os locais onde serão retirados. Nove pontos serão montados para atender a população de Manaus, dividindo os nomes dos beneficiários por ordem alfabética.

“Orientamos que a pessoa, se possível, vá sozinha para não aglomerar. Quem puder, quem precisar de acompanhamento que vá somente com uma pessoa porque vai ser uma grande quantidade de pessoas atendidas na capital e no interior”, explicou a secretária de Assistência Social, Alessandra Campêlo, destacando que somente na capital 152 mil famílias têm acesso ao Auxílio Estadual permanente.

No interior, diversas secretarias darão suporte para entregar os cartões, entre elas a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc).

“A Seduc não poderia estar de fora, trabalhando juntamente com todas as secretarias. O governador com esse auxílio, ele realmente, mais do que nunca, leva um olhar carinhoso para pessoas que mais necessitam, principalmente no interior aonde a equipe estará presente e toda a Seduc para poder fazer essa distribuição num prazo curto, para que esse benefício possa chegar na casa daqueles que mais necessitam”.

Critério de acesso ao benefício - Todas as famílias a serem beneficiadas pelo Auxílio Estadual estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. O CadÚnico é o conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza criado para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida das mesmas.

Para a entrega do cartão, será utilizado o aplicativo Sasi. Serão inseridos dados da família beneficiada e será feito o registro fotográfico do beneficiário. São procedimentos para garantir a segurança e a transparência na concessão do benefício. Os servidores foram treinados para usar o aplicativo.


Nenhum comentário