Aconteceu!

GÁS NATURAL VEICULAR GANHA MAIS UM POSTO DE ABASTECIMENTO EM MANAUS

Foto: Divulgação

Mais um posto para abastecimento de veículos com gás natural veicular (GNV), foi inaugurado em Manaus, ampliando a oferta aos motoristas, que ganham a terceira opção de serviço para abastecer e economizar.

Entre os benefícios do uso desse combustível, o diretor técnico comercial da Cigás, Clovis Correia Junior Clóvis, destaca que o GNV tem uma diferença de economia em relação aos combustíveis líquidos entre 40 e 45%, e essa economia fica no bolso das pessoas que vivem de carro, como os taxistas, frotistas e motoristas de aplicativos.

Outra conta mostra que a economia proporcionada pelo GNV pode chegar a 42%, em comparação com a gasolina e 50% em relação ao etanol, conforme análise de dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a partir das variáveis preço e autonomia.

“Faz um diferencial significativo. Então, é importante a abertura desse novo posto na região do Distrito Industrial”, destacou o diretor técnico da Cigás, Clóvis Correia.

Localizado na avenida Rodrigo Otávio, bairro Distrito Industrial, zona sul de Manaus, o Auto Posto Distrito, da bandeira Equador, funciona 24 horas, todos os dias da semana.

O posto começou a fornecer o combustível em caráter comercial, após iniciativa do Governo do Estado, por meio da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás).

O diretor da Cigás destaca que o volume de GNV comercializado no Amazonas registrou um recorde no segmento veicular. Ele observa que qualquer pessoa pode se tornar usuário do GNV ao procurar uma convertedora homologada no Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Em seguida é necessário instalar um kit específico para que o veículo possa estar apto a receber o GNV.

“Ele não perde as características originais. Se o carro usava a gasolina, ele continua com a gasolina e tem mais uma opção. O intervalo de manutenção é maior, ele conserva mais o motor em relação aos combustíveis líquidos e é menos poluente também, possibilitando um benefício invisível, que é a redução da poluição”, pontuou.

O motorista de aplicativo José Antônio Pereira, 64, afirma que os benefícios são sentidos no próprio bolso. Abastecendo o veículo que utiliza com o GNV há apenas três dias, ele conta já sentir a diferença com o combustível.

“O cilindro desse carro é de 13 metros cúbicos e chega a custar 60 e poucos reais. Enche o cilindro com R$ 60, R$ 65. O tanque de gasolina de um Prisma é R$ 300 e poucos e eu rodo cerca de 200 quilômetros, e com essa quantidade de metros cúbicos eu rodo a mesma coisa e gasto R$ 60, então vale a pena. Ainda pago aluguel e ainda tenho lucro”, avaliou o motorista.

A campanha de incentivo ao uso do gás veicular foi lançada em 16 de setembro deste ano, pelo Governo do Estado, por meio da Cigás, a campanha tem a duração de um ano ou até a concessão do número total de benefícios. O regulamento da campanha está disponível no endereço eletrônico: www.usegnv.cigas-am.com.br.


*PORTAL DO HOLANDA

Nenhum comentário