Aconteceu!

HOMEM RIFA O CARRO PARA TRATAR CÂNCER DA MULHER E VENCEDOR DEVOLVE PRÊMIO


Para financiar o tratamento contra um câncer da companheira, um catarinense decidiu rifar o seu carro. Morador de Xanxerê, em Santa Catarina, Valdir Ribeiro realizou o sorteio pelas redes sociais na última segunda-feira (20).

No entanto, ao entregar o prêmio ao ganhador, Vinicius Moraes, o pintor foi surpreendido. “O meu prazer era ganhar [a rifa] para poder devolver o carro para ele “, disse o vencedor ao G1.

Tudo começou quando Valdir precisava se descolar com Marisete Terezinhas dos Santos Ribeiro até Chapecó, em Santa Catarina para realizar as consultas oncológicas e os tratamentos de quimio e radioterapia. O transporte era feito exatamente pelo carro rifado pelo pintor, um Chevette preto ano 1978.

“Deu uma adrenalina, eu não esperava. A gente estava pronto para entregar o carro. Fiquei aliviado e alegre. Meu presente de Natal e Ano Novo tá na mão”, disse o pintor Valdir Ribeiro.

“Eu sei porque ele ele fez [a rifa], sei o que ele já passou na vida. Então, o carro eu não quero. Eu vou devolver o carro. Jamais vou querer”, diz no vídeo o vencedor da rifa, Vinícius Moraes.

Valdir afirma ter conseguido arrecadar R$ 5 mil com a rifa. O dinheiro vai servir para auxiliar tanto no tratamento de Marisete, como na compra de remédios, pois o casal sobrevive da rende de autônomo do pintor.

O câncer de Marisete foi descoberto em 2018, ela foi diagnosticada com a doença na região pélvica e no intestino grosso. A notícia deixou o casal ainda mais apreensivo, pois, segundo Valdir, eles perderam um filho para a mesma doença.

“Ela passou por uma cirurgia para a biopsia e desde então utiliza a bolsa de colostomia”, afirma o pintor.

Nesse sentido, o catarinense precisou para de trabalhar para poder ajudar a companheira, que carece de cuidados especiais.

“Ela passa muito mal, tem ansiedade e às vezes fica muito fraca. Para não me apertar, resolvi fazer a rifa do Chevette”, lembra ele.

Entrega do carro

Transmitido pelas redes sociais, o sorteio foi realizado por Valdir, que escolheu um entre os 250 bilhetes, os quais custaram R$ 20 cada. Pouco tempo depois, o ganhador apareceu e também a cena foi gravada, mas para surpresa do pintor, o carro não seria levado. Vinícius anunciou que o carro ficaria com o seu dono, mesmo ele ganhando a rifa.

“Ele virou Papai Noel”, disse Valdir ao saber das intenções de Vinícius.

“Eu sei o quanto é difícil e que é o meio de trabalho dele. E é dele. Eu não quero [o carro]”, diz Vinícius.



*CM7 BRASIL

Nenhum comentário