Aconteceu!

‘NÃO SERÁ REELEITO, NÃO HÁ DÚVIDA NENHUMA’, AFIRMA MENEZES SOBRE OMAR AZIZ

 

Foto: Reprodução

O pré-candidato ao Senado, Coronel Alfredo Menezes (sem partido), voltou a tecer críticas ao seu adversário político, senador Omar Aziz (PSD). Durante entrevista concedida a jornalista Cileide Moussallem, Menezes afirmou, com convicção que o ex-presidente da CPI da Covid ficará sem mandato em 2022, pois não será reeleito.

“Nós vamos derrotar esse infeliz no interior e colocar ele onde ele tem que ser colocado, na cadeia, porque ele vai ficar sem mandato. Quero fazer um desafio, ele não vai ganhar, não será reeleito senador da República, não temos dúvida nenhuma disso”, declarou Alfredo Menezes, que é candidato ao Senado e quer a cadeira de Omar.

Menezes afirma ainda, durante entrevista, que Omar Aziz manipula informações ao seu favor, para enganar a população por meio de pesquisas eleitorais feitas por Durango Duarte, empresário conhecido no ramo da comunicação no Estado.

“Esse palestino continua enganando a população. Eles buscam manipular, pegam pesquisas e manipulam. Tem um pilantra aí que faz as pesquisas pra ele, que é conhecidíssimo que nunca acertou praticamente nada. Fica mudando nome de empresa, colocando ele (Omar Aziz) nos cenários das pesquisas tentando manipular a população. Nós vamos acabar com essa pouca vergonha”, garantiu o pré-candidato.

Ao falar sobre o trabalho que tem exercido no interior do Estado, Alfredo Menezes questionou quantas vezes o “senador da Manaus Caminhos”, se referindo a Operação onde familiares do senador foram presos acusados de desviar verbas da saúde pública, visitou os município em seu último ano de mandato.

“Eu desafio, pra saber em quantos municípios esse senador da Maus Caminhos foi nesses últimos três anos de mandato dele. Ele não vai. Ele não vai, porque ele sabe que se for, sabe como vai sair corrido de lá. Ele chega no máximo na casa do prefeito e volta”, salientou Menezes.

Outro fato que Alfredo Menezes chama atenção é o caso da suspensão do passaporte de Omar Aziz, apreendido durante a 5ª fase da Operação Maus Caminhos, denominada Operação Vertex. Os passaportes diplomáticos do senador estão sob custódia da Justiça Federal do Amazonas, o que o impede de sair do país.

“Não tem passaporte esse sujeito. Ele não pode sair do Brasil. Ou seja, um ficha corrida imensa” finalizou.




Fonte: Direto ao Ponto

Nenhum comentário