Aconteceu!

PÊNIS DE BORRACHA EM ACADEMIA DA PM É ALVO DE INVESTIGAÇÃO E POLICIAL PODE SER EXPULSO

Foto: Reprodução/WhatsApp

A Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo está investigando quem foi o responsável por fazer uma “brincadeira” que pode custar caro, na academia do Barro Branco.

A sala de um dos professores da academia, que é conhecida por formar os principais quadros da PM-SP, foi invadida, o computador foi atingido com água e um pênis de borracha foi deixado na mesa.

O alvo do trote seria o responsável pelo setor que cuida das operações realizadas pela academia, conforme policiais.

Na ocasião, os superiores dos funcionários e alunos ordenaram que ninguém saísse do local até que fosse tudo esclarecido. Equipes da corregedoria foram acionadas. Mas naquele dia, nada foi descoberto.

A investigação segue e analistas da PM procuram digitais no material, para combinar com as das pessoas que estavam no local. São 140 funcionários e ainda 660 cadetes.

Caso o responsável seja identificado, pode ser punido com desligamento do curso de oficiais, caso seja somente um aluno. Caso já fosse policial antes de entrar na academia, pode ser até expulso da PM.


*PORTAL DO HOLANDA

Nenhum comentário