TCE

TCE

Aconteceu!

ARQUIDIOCESE DE MANAUS SE PREPARA PARA ASSUMIR ANTIGA CADEIA PÚBLICA

Presos foram transferidos da Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa em 2016 / Foto: Portal do Holanda

A Arquidiocese de Manaus prepara uma carta de intenções para o uso do espaço da Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, desativada em 12 de maio de 2017, para ser transformado em um espaço de promoção da vida.

O prédio, que tem 114 anos, é um marco na história do sistema prisional do Amazonas, pois foi a primeira unidade prisional do Estado e será restaurado e entregue em condições de uso para a Arquidiocese de Manaus, que vai montar cozinha, refeitório e realizar a programação de atendimento ao público de moradores de rua.

O anúncio foi feito nesta segunda (07), pelo arcebispo metropolitano de Manaus, dom Leonardo Steiner, em entrevista à uma rádio vinculada à Igreja Católica , após vários encontros entre representantes do Governo do Estado, da Prefeitura de Manaus e da Arquidiocese de Manaus.

“Nosso desejo é que o povo de rua possa tomar um banho, lavar sua roupa e tenha possibilidade de pernoitar”, disse dom Leonardo, citando que o prédio, de características arquitetônicas bonitas, foi um espaço de isolamento, mas a partir da nova gestão, seja preparado para ser inserir as pessoas na sociedade.

No ano da desativação, pelo menos quatro presos foram mortos na unidade. Por recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Vidal Pessoa estava desativada desde outubro de 2016, mas foi reativada dia 2 de janeiro de 2017, após o massacre de 56 presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), na BR-174.

LIMPEZA

No último final de semana, a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semusp), esteve no local com cerca de 150 homens que fizeram limpeza e poda das árvores, informou subsecretário de Operações da Semulsp, José Rebouças.

O Secretário de Estado de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, disse que será realizado um levantamento para início das obras e uma das parcerias é a disponibilização de profissionais do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro.

O secretário de Cultura do Amazonas, Marcos Apolo, explicou que a orientação do governador Wilson Lima, é que a partir deste trabalho, será feito um novo diagnóstico das condições estruturais da cadeia para dar continuidade nas propostas de revitalização, reforma e restauro do prédio histórico.

A cessão do prédio para a Arquidiocese de Manaus foi prometida pelo governo do Estado no mês de novembro passado, quando foi realizada uma visita técnica ao local por representantes do Governo do Estado e Prefeitura de Manaus, para verificar a situação de restauro do local.



*PORTAL DO HOLANDA

Nenhum comentário