TCE

TCE

Aconteceu!

CHEIO DE RESERVAS, VASCO VENCE O RESENDE E VAI ENFRENTAR O FLAMENGO NA SEMIFINAL DO CAMPEONATO CARIOCA

Vasco dominou e venceu o Resende em São Januário (Foto: Reprodução/ Cariocão Play)

Teremos Clássico dos Milhões na semifinal do Campeonato Carioca. Isso porque o Vasco venceu o Resende, em São Januário, por 3 a 0. O resultado, aliado ao tropeço do Botafogo também neste domingo, fez o Cruz-Maltino terminar a Taça Guanabara em terceiro lugar. O Rubro-Negro ficou em segundo. Na Colina, Zé Ricardo poupou praticamente todo o time titular e, mesmo assim, seus comandados conseguiram se impor. Bruno Nazário, Vitinho e Vinícius marcaram os gols.

LESÃO-RELÂMPAGO E PRESSÃO
Com dois minutos de jogo, Ulisses pediu para ser substituído e Zé Vitor estreou como profissional. Mas só o Vasco trocava passes. Bruno Nazário teve boa chance, mas mandou por cima. Luiz Henrique e o próprio Nazário receberam cruzamentos, mas não conseguiram direcionar as finalizações... era domínio vascaíno.

MAIS PRESSÃO
Estava muito quente. Mas, depois da parada técnica, o domínio vascaíno se manteve. Figueiredo quase marcou numa bicicleta aos 26. O goleiro Fraga pegou. Dois minutos depois, foi Zé Gabriel quem gerou perigo. Bola na trave. A primeira chance do time visitante foi aos 29: Jeffinho arrancou em contra-ataque e chutou forte. Halls defendeu, assim como fez dois minutos depois quando Macena finalizou, na sequência. E foi num contragolpe vascaíno que saiu o primeiro gol do jogo. Isaque arrancou e passou para Bruno Nazário, que, de fora da área, colocou sem chances para o goleiro. Belo feito para Vasco 1 a 0. Halls ainda fez grande defesa em chute de Biancucchi anda do apito para o intervalo.

MAIS GOLS
Na volta do intervalo, o Resende fez duas alterações e gerou o primeiro lance de perigo. Macena escorou, mas a defesa vascaína salvou antes dos cinco minutos. O Vasco respondeu aos 18, quando Figueiredo foi lançado e se enrolou com a bola quando o passe seria melhor opção. Se o primeiro tempo, mesmo sob forte sol, teve muitas chances, a segunda etapa foi escassa de oportunidades. Mas, aos 30, Sánchez cruzou da esquerda e Vitinho, que estreava pelo Cruz-Maltino, ampliou, de cabeça. E quatro minutos depois, Vinícius aproveitou o bate-rebate entre zagueiro e goleiro do Resende para fazer o terceiro vascaíno. A nota negativa foi outra substituição por problema físico. Esta de Nazário. O Resende teve um jogador lesionado quando já tinha feito as cinco trocas.

FICHA TÉCNICA
VASCO 3 X 0 RESENDE


Data e hora: 13/3/2022, às 16h
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Thayse Marques Fonseca
Público pagante: 2.641 pessoas
Público presente: 2.939 pessoas
Renda: R$ 81.410,00

Cartão Amarelo: Zizu (RES)
Cartões Vermelhos: não houve

Gols: Bruno Nazário (39'/1ºT 1-0), Vitinho (30'/2ºT 2-0) e Vinícius (34'/2ºT 3-0)

VASCO
Halls, Léo Matos, Quintero, Ulisses (Zé Vitor, 3'/1ºT) e Riquelme; Yuri Lara (Vitinho, 18'/2ºT), Zé Gabriel, Bruno Nazário (Vinícius, 25'/2ºT), Luiz Henrique (Sánchez, 25'/2ºT), Isaque (Juninho, 18'/2ºT) e Figueiredo - Técnico: Zé Ricardo.

RESENDE
Fraga, Bem-Hur, Heitor, Gabriel e Kaique; João Felipe (Ingro, Intervalo), Emanuel Biancucchi (Gabriel Justino, 35'/2ºT) e Zizu (Medina, Intervalo); Igor Bolt, Macena (Bismarck, 29'/2ºT) e Jeffinho (Brendon, 20'/2ºT) - Técnico: Sandro Sargentim.


*Lance

Nenhum comentário