TCE

TCE

Aconteceu!

SUSPEITO DE MATAR JOVEM DIZ QUE ROUBOU PORQUE ESTAVA DEVENDO AGIOTA


Acxel Gabriel de Holanda, suspeito de matar o jovem Renan Silva Loreiro, se entregou na tarde desta sexta-feira (29) após dias de negociação. Em depoimento o suspeito disse à polícia que realizou o assalto porque estava devendo R$ 9 mil a agiotas. Desde quinta-feira, a Justiça havia determinado a prisão preventiva dele por 30 dias.

A vítima tinha 20 anos, era universitário, trabalhava numa cafeteria e foi padrinho de casamento três dias antes de ser assassinado na frente a namorada.

A vítima tinha 20 anos, era universitário, trabalhava numa cafeteria e foi padrinho de casamento três dias antes de ser assassinado na frente a namorada.

O caso repercutiu nas redes sociais por causa da violência do crime.

Um vídeo gravado por uma câmera de segurança mostra o momento que Renan Silva Loureiro se ajoelha e diz “eu não tenho nada” antes de ser morto. Renan levou quatro tiros ao reagir a um assalto cometido por um falso entregador na Zona Sul de São Paulo, noite de segunda-feira (25), por volta das 22h.

O assaltante fugiu depois, levando o celular da namorada dele, que estava junto com o rapaz e aparece gritando por “socorro”.

Outro vídeo também mostra o momento que o casal tenta correr, mas o criminoso atira para o alto. Renan então se ajoelha na calçada, segurando uma sacola nas mãos. A namorada dele se afasta. Enquanto isso, o bandido parece pegar algo do rapaz e sem seguida se dirige a jovem.

Nesse instante, Renan se levanta e parte para cima do assaltante, que atira quatro vezes nele. Um dos disparos atingiu sua cabeça. O rapaz então cai no meio da rua enquanto a namorada dele se desespera.

O assaltante ainda pede o celular da jovem, que em seguida se ajoelha perto de Renan. O criminoso sobe na moto e foge.


*TUCUMà

Nenhum comentário