TCE

TCE

Aconteceu!

URGENTE: BLOGUEIRA MELISSINHA É DECRETADA PELO CV: “EU TÔ MORRENDO DE MEDO”; VEJA VÍDEO

 

Reprodução

Manaus – Na noite deste domingo (10), a blogueira Melissa Silva, mais conhecida como Melissinha, revelou nos stories que está jurada de morte pela facção Comando Vermelho (CV). Ela foi vítima de um atentado na madrugada deste sábado (09), onde acabou sendo baleada e teve seu amigo segurança assassinado.

Melissa segue internada em um hospital da capital amazonense e fez sua primeira aparição, após o evento traumático, na noite de hoje. Em uma série de stories no Instagram, a blogueira afirmou que ela não merecia passar por isso e nem mesmo seu amigo segurança, que supostamente era antigo membro da facção Revolucionários do Amazonas (RDA).

A blogueira falou do ocorrido e reiterou que é uma pessoa de bem e não possui envolvimento com o tráfico de drogas, mas teme ser morta. ” Tô muito assustada, nunca passei por esse tipo de coisa. Minha família tá desesperada, e não sei o que fazer!”, disse Melissa nos stories.

Após os vídeos, Melissa publicou a nota confirmando que está jurada de morte pelo CV. “Nem de facção eu sou, sou apenas uma garota de programa. Faço meu trabalho, não sou envolvida o com nada”, escreveu a mesma, desesperada.

Veja  nota:

Veja vídeos:

Relembre o caso

Na madrugada de sábado (09), um homem, que não teve o nome divulgado, foi assassinado a tiros na saída da festa ‘É Sobre Isso’, que ocorreu na Mansão do Poderoso, no bairro Santa Etelvina, na zona Leste de Manaus. O mesmo seria segurança da blogueira Melissinha Silva, e na ocasião ela também foi baleada e precisou passar por cirurgias.

De acordo com informações, obtidas com exclusividade pelo Portal CM7 Brasil, Melissinha estava no bar Mangueirão Beer e decidiu sair do local para ir até a festa citada acima, que tinha como atração principal o encontro do influenciador William Barão com a Arlequina de Manaus. Os stories de Melissinha confirmam todo esse da itinerário.

No entanto, no final da festa,  o ‘segurança’ que Melissinha mostrou nos seus stories teria se envolvido em uma discussão com ‘gente perigosa’ e no momento em que ela e ele estavam indo para casa em um carro de aplicativo, ele foi executado.

Na ocasião Melissinha levou dois tiros e foi socorrida para um hospital da capital amazonense, onde passou por uma cirurgia de urgência.

O ‘segurança’ de Melissinha seria antigo membro da facção Revolucionários do Amazonas (RDA) e a maior suspeita é que ele tenha sido executado por uma facção rival. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Veja os stories de Melissinha na festa, minutos antes do atentado






Fonte: Portal CM7


Nenhum comentário