Aconteceu!

EQUIPAMENTOS DE RECONHECIMENTO FACIAL ADQUIRIDOS ATRAVÉS DE EMENDA DE FELIPE SOUZA SÃO INSTALADOS EM TRÊS ESCOLAS DE MANAUS

Foto: divulgação

Três escolas estaduais de Manaus estão testando uma nova tecnologia de reconhecimento facial nos alunos. Os equipamentos foram adquiridos através de emenda parlamentar do deputado estadual Felipe Souza. Com o novo sistema de monitoramento instalado, o aluno é identificado ao entrar em sala de aula e os pais são comunicados por SMS, automaticamente, em caso de ausência. 

A emenda no valor de R$ 900.000,00 mil reais foi destinada à Secretaria de Estado de Educação e Desporto (SEDUC) a fim de firmar convênio com o Instituto de Tecnologia e Negócios do Norte (ITN) para a implantação do sistema de reconhecimento facial nas escolas públicas da rede estadual de Manaus. O objetivo é controlar a frequência escolar dos estudantes e incentivar maior comunicação entre a escola e a família dos alunos, possibilitando que os pais acompanhem a rotina escolar dos filhos.


O sistema funciona da seguinte maneira:

Os estudantes são previamente cadastrados e ao chegar à escola, passam em frente a uma pequena máquina (MinMoe), que registra a presença através do reconhecimento facial. O equipamento também registra a temperatura corporal e as expressões faciais, o que possibilita verificar o estado emocional dos alunos no momento da leitura. 

O deputado Felipe Souza comemora a instalação dos equipamentos e enfatiza a importância da aplicação em outras escolas do estado. “Investir em tecnologias do tipo traz benefícios não só para os estudantes, mas para os pais e para a escola. Poder contribuir para isso, não tem preço! Proporcionar mais segurança escolar é uma das marcas que faço questão de carregar em meu mandato”, disse o parlamentar. 


Escolas que receberam os equipamentos:

- Cacilda Braule Pinto, localizada na Rua São Pedro, Coroado 2.

- Padre Agostinho Martin, localizada na Rua Alfredo Paes Barreto, São Francisco.

- Senador Flávio da Costa Brito localizada na Rua Sebastião Romano 382, Compensa 2.

 

Para Rozimeire Cruz, diretora da Escola Cacilda Braule Pinto, localizada no bairro Coroado, zona leste de Manaus, a medida representa “Uma segurança a mais para os pais e também auxilio no controle e gestão escolar”. 

Sielen Praia, mãe de duas alunas, reforçou que a medida ajuda, principalmente, os pais que não podem levar os filhos à escola e que ficam inseguros ao pensar se eles chegaram, ou não, em segurança.  

O diretor de tecnologia da informação da SEDUC, Helder Câmara, informou que foram adquiridos 24 equipamentos (MinMoe) para as três escolas. 


Nenhum comentário