Aconteceu!

LÁZARO DIMINUI PREJUÍZO, MAS FLAMENGO PERDE PARA O ATLÉTICO-MG E SAI ATRÁS NA COPA DO BRASIL

Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

Nesta quarta-feira (22), o Flamengo voltou a perder para o Atlético-MG, desta vez, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Novamente atuando fora de casa, no Mineirão, o Rubro-Negro foi superado por 2 a 1, após mais uma atuação apática. Desse modo, o Fla vai para a partida de volta, marcada somente para o dia 13 de julho, em uma situação extremamente delicada.

O JOGO

O Flamengo inicou a partida girando bastante a bola em busca de espaço na defesa do atleticana, mas em vão. Aos seis minutos foi o Atlético-MG quem converteu a primeira chance em gol. Mariano lançou a bola no alto para a infiltração de Hulk. Ela chegou quicando na grande área. O atacante viu a saída de Diego Alves e tocou por cobertura, abrindo o placar para o Alvinegro.

Aos 10′, Arão tocou para Everton Ribeiro na entrada da área. O camisa 7 tocou de primeira com a parte de fora do pé para a entrada de Matheuzinho, que avançou e bateu cruzado, mas foi bloqueado pelo marcador. A ideia do Mais Querido é ter mais a bola. O objetivo, no entanto, tem dado mais espaço para o Atlético-MG jogar ‘livre’ na transição.

Sem conseguir impor seu ritmo de jogo, o Flamengo teve mais que se defender do que chances para atacar. Com 30 minutos, Gabigol apareceu no lado direito e cruzou a bola para Arrascaeta na segunda trave. O uruguaio tentou o cabeceio, mas ela foi forte demais, deixando Mariano recuar com o peito para o goleiro Everson.

Com 39′, Vargas errou o passe na entrada da área do Atlético-MG e a bola ficou com Andreas Pereira. O volante entrou na área e tocou para Gabigol, mas o passe saiu curto e a defesa evitou que o Flamengo deixasse tudo igual no placar. Já nos acréscimos, aos 47′, Gabigol apareceu na ponta esquerda e cruzou para João Gomes na segunda trave.

O volante cabeceou, mas a finalização saiu sem direção e sobrou para o camisa 9 do Fla. Ele tentou completar para o gol, mas a bola foi tranquila para o goleiro Everson. Sem muitas emoções, o Rubro-Negro foi para o intervalo perdendo a partida parcialmente pelo placar de 1 a 0.

Já no segundo tempo, aos cinco minutos, Andreas cobrou falta na ponta esquerda e jogou a bola na área do Atlétic-MG. Ela chegou na pequena área, mas Hulk afastou sem muita dificuldade. Não demorou para o Alvinegro aumentar a vantagem diante do Flamengo.

Aos nove minutos da etapa complementar, Matheuzinho ficou com a bola, mas errou o passe e entregou para Nacho, que acionou Hulk. O camisa 7 do Atlético-MG avançou pela esquerda, chegou na intermediária e cruzou na segunda trave, onde encontrou Ademir, que cabeceou no canto esquerdo do gol de Diego Alves.

Com 34′, o Flamengo ensaiou a virada. Rodinei foi acionado na linha de fundo e cruzou na segunda trave para Lázaro. O atacante escorou com a parte de fora do pé direito, a pelota resvalou no pé de Everson, mas entrou ainda assim. Aos 44′, a bola ficou ‘viva’ na entrada da área do Atlético-MG, e Thiago Maia jogou na ponta direita. Rodinei apareceu para tentar o cruzamento, mas pegou forte demais na bola, que saiu em tiro de meta.

Cabe frisar que, com a derrota no primeiro embate, o Flamengo vai para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil em uma situação extremamente delicada contra o Atlético-MG. O confronto decisivo está marcado para o dia 13 de julho, no Maracanã, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Antes disso, sem tempo a perder, o Flamengo não poderá lamentar o derrota. Isso porque, neste sábado (25) o Mais Querido volta a campo pelo Campeonato Brasileiro. A partida, válida pela 14ª rodada do torneio nacional, será diante do América-MG, a partir das 19h (horário de Brasília), no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG x FLAMENGO
Competição: Copa do Brasil – Oitavas de final
Local: Mineirão, Belo Horizonte
Data: 22 de junho de 2022 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (horário de Brasília

Atlético-MG: Everson; Mariano, Nathan, Junior Alonso e Arana; Allan, Otávio e Nacho (Calebe); Vargas (Rubens), Keno (Ademir) e Hulk.
Técnico: Antonio ‘Turco’ Mohamed.

Flamengo: Diego Alves, Matheuzinho (Rodinei), Rodrigo Caio, Pablo e Filipe Luís (Ayrton Lucas); Gomes, Andreas Pereira (Thiago Maia) e Willian Arão (Lázaro); Arrascaeta Everton Ribeiro (Pedro) e Gabigol.
Técnico: Dorival Júnior.


*Coluna do Fla

Nenhum comentário