Aconteceu!

‘ESTUPRADOR’: IMAGEM DE ROBINHO É PICHADA EM MURO DE ESCOLINHA DE FUTEBOL

(Foto: Reprodução)


BRASIL – Uma arte com o rosto do ex-jogador Robinho foi pichada com ofensas contra ele em uma escolinha de futebol em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Os xingamentos foram escritos no rosto do ex-atacante com as palavras “estuprador”, “safado” e “covarde”.

A homenagem a Robinho foi pintada três anos atrás, antes de o ex-jogador ser condenado pelo crime de violência sexual contra uma jovem albanesa na Itália. A arte fica na fachada da Escola Meninos da Vila, ligada à base do Santos FC, que se pronunciou afirmando que já providencia tintas para cobrir as pichações e inclusive a imagem de Robinho.

Um profissional que não quis de identificar comentou a situação: “Expressar opiniões alheias e realizar protestos é totalmente aceitável, assim como debater dentro da unidade sobre a [manutenção da] imagem do jogador. Vandalizar a unidade é algo que nos ataca. Não temos culpa de nada em relação ao que ele [Robinho] fez, nem manifestamos apoio às atitudes dele. Que a justiça seja feita”.

RELEMBRE O CASO:

O ex-jogador foi condenado a nove anos de prisão pela justiça italiana junto de um amigo, acusados de violência sexual por participação em um estupro coletivo em uma boate de Milão. Além da prisão, que não ocorreu porque Robinho está no Brasil e não pode ser extraditado, ele também terá de pagar uma indenização de 60 mil euros à vítima, o equivalente a mais de R$ 300 mil.

Robinho não pode ser extraditado, pois a Constituição Federal e a Lei de Migração proíbem a extradição de brasileiro nato. “A extradição é o processo pelo qual um país solicita e obtém de outro a entrega de uma pessoa condenada ou suspeita da prática de uma infração criminal”, explicou o advogado criminalista e professor de Direito Penal da UniSantos, Matheus Cury.



*PORTAL TUCUMà

Nenhum comentário