Aconteceu!

AMIGA DE VÍTIMA DIZ QUE TAMBÉM FOI ‘APALPADA’ POR DANIEL ALVES EM BOATE

Foto: @lucasfigfoto/Instagram Daniel Alves/ Reprodução ND
Segundo publicação do jornal La Vanguardia, a amiga da vítima alega que Daniel Alves a apalpou violentamente e que colocou a mão em suas parte íntimas até que ela conseguisse se desvencilhar do atleta.

Daniel Alves está preso preventivamente desde a última sexta-feira (20). A denunciante contou às autoridades espanholas que foi abusada sexualmente no banheiro da boate Sutton, casa noturna badalada da cidade. No entanto, o jogador afirmou que a relação foi consensual.

Depoimento e prisão

Tudo começou com a detenção do jogador, que em princípio iria apenas prestar depoimento sobre uma denúncia de abuso sexual. A história parecia apenas uma turbulência, mas ganhou ares inusitados quando ele foi detido logo após falar com a Justiça.

Quando tudo parecia ainda um “mal entendido”, o lateral ganhou o apoio de sua esposa, que se manifestou no Instagram com uma frase simples e direta. A modelo Joana Sanz publicou uma foto de mãos dadas com Daniel Alves e escreveu: “Juntos”.

Jogador não terá fiança

Quando a notícia de que a prisão não daria direito ao jogador sair pagando fiança, a história mudou de contexto. A partir daí, a impressão era de o jogador estava realmente encrencado e, mais que isso: deu a entender de que havia alguma culpa no cartório.

Pior ainda. Logo em seguida, diante do cenário até então desconhecido, o lateral mudou a versão que havia dado em primeiro momento. Depois de afirmar que nem sequer conhecia a denunciante, ele assumiu que houve relação sexual. Porém, conforme seu relato, “consensual”.

Daniel Alves ficou pelo menos 15 minutos no banheiro com a mulher, conforme provas levantadas pelo judiciário espanhol. Ele mentiu também sobre isso. O cerco foi ficando cada vez mais apertado para o jogador. Ainda assim, sua esposa deu mais uma manifestação de apoio nas redes sociais.

Fonte: ND+

Nenhum comentário