Aconteceu!

BRASIL É RETIRADO DA DECLARAÇÃO INTERNACIONAL CONTRA O ABORTO; ENTENDA

(Foto: Ricardo Stuckert/ Flickr @LulaOficial)

A Declaração do Consenso de Genebra sobre Saúde da Mulher e Fortalecimento da Mulher, trata-se de uma declaração internacional que defende a ideia de que apenas casais heterossexuais formem família e se posicionem contra o aborto. Nesta terça-feira (17), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) retirou o nome do Brasil dessa declaração.

A decisão tomada pelo Chefe do Executivo, foi logo após o Ministério da Saúde revogar o regulamento que dificultava o acesso das mulheres a abortos legalizados.

Já a declaração defende que “não há direito internacional ao aborto nem qualquer obrigação internacional por parte do Estados de financiar ou felicitar o aborto”.

Em outubro de 2020 o ex-presidente Jair Bolsonaro(PL), assinou o documento que tornou o Brasil membro dessa declaração, junto com outros países como; Egito, Indonésia, Arábia, Arábia Saudita, Paquistão e mais 36 países.

Nenhum comentário