Aconteceu!

EM MANAUS, VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 COMPLETA DOIS ANOS EM MANAUS

(Fotos - Divulgação / Semsa)

Manaus (AM) – No dia 19 de janeiro de 2021, em meio ao colapso no sistema de saúde em decorrência da segunda onda da Covid-19, a recém-iniciada gestão do prefeito David Almeida assumiu a missão de dar início à Campanha Municipal de Vacinação contra a doença. Nesta quinta-feira, 19/1, passados exatos dois anos, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) celebra a aplicação de mais de 5 milhões de doses e, principalmente, a redução significativa de mortes e internações pela doença.

O subsecretário municipal de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, lembra que os primeiros vacinados contra a doença foram profissionais de saúde, que estavam na linha de frente da pandemia, e os idosos, que eram os mais vulneráveis para desenvolver quadros graves. Atualmente, praticamente toda a população manauara está incluída na campanha, dos bebês a partir de 6 meses de vida até os idosos.

“Nosso principal objetivo no começo era garantir que os grupos prioritários fossem vacinados com segurança, visto que o nível de transmissão da doença ainda era muito alto. Com o envio de mais doses pelo Ministério da Saúde, pudemos ampliar gradativamente a vacinação para os demais públicos, e dentro de poucos meses, já conseguimos ver nossa cidade voltando à normalidade, com grande parte da população protegida”, relata o subsecretário.

Pontos de vacinação

De acordo com Djalma, os pontos onde a população poderia acessar as vacinas também foram pensados de forma estratégica desde o princípio, com endereços de fácil acesso, espaços amplos e ao ar livre e, ainda, a modalidade drive-thru. Nesses dois anos, alguns pontos foram reabertos pela Semsa mais de uma vez, para atender à crescente demanda que se intensificou em momentos críticos da doença.

Os quatro locais mais procurados pela população durante a campanha foram, respectivamente, o Centro de Convenções Sambódromo (219 mil doses aplicadas), na zona Centro-Oeste; o Sesi Clube do Trabalhador (208 mil doses aplicadas), na zona Leste; o Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola (143 mil doses aplicadas), na zona Norte; e o Studio 5 (140 mil doses aplicadas), na zona Sul.

“Diante da estabilidade nos números da Covid-19, a secretaria descentralizou a vacinação com intuito de facilitar o acesso, e, enfim, as unidades básicas de saúde tomaram a responsabilidade de dar seguimento à campanha, já que todas as vacinas de rotina são feitas nesses locais. Temos mais de 70 unidades que ofertam o imunizante contra a doença atualmente, com cerca de 1,5 mil vacinadores capacitados para atender os usuários da melhor forma possível”, destaca Djalma Coelho.

Doses

O subsecretário detalha que 5.072.328 doses da vacina contra a Covid-19 já foram aplicadas no município, até a manhã desta quarta-feira, 18/1. A Semsa administra a 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª dose do imunizante, de acordo com os públicos preconizados pelo Ministério da Saúde.

A primeira dose foi recebida por 1,9 milhão de pessoas e a segunda, por 1,6 milhão. O público com esquema vacinal inicial completo, com mais 29 mil doses únicas da Janssen, totaliza cerca de 80% da população manauara.

Djalma observa que as doses de reforço (3ª, 4ª e 5ª) também são essenciais para garantir o restabelecimento dos níveis de proteção contra a doença, que diminuem com o passar do tempo, segundo a comprovação de estudos científicos. Esses reforços foram liberados gradativamente, mas a adesão da população ainda configura um desafio.

A terceira dose, liberada ao público com 5 anos ou mais, foi recebida por pouco mais de 1 milhão de pessoas, e a quarta dose, disponível àqueles com 18 anos ou mais, por apenas 429 mil pessoas.

“A secretaria continua sensibilizando a população para que mantenha o esquema vacinal contra a doença atualizado, pois isso garante que você não desenvolve formas graves da Covid-19, que infelizmente já tiraram tantas vidas na nossa cidade. Hoje, cerca de 612 mil pessoas estão com a terceira dose atrasada, e 477 mil também já passaram do intervalo para tomar a quarta dose”, pontua.

Segundo o subsecretário, o público com alto grau de imunossupressão possui intervalos especiais para que sua condição de saúde seja preservada. Os adolescentes de 12 a 17 anos desse grupo podem receber a quarta dose, e os adultos imunossuprimidos são únicos que podem receber a quinta dose, até o momento.

Tecnologia

O diretor de Tecnologia da Informação da Semsa, Saymon Souza, explica que a pandemia impôs o fortalecimento dos serviços online, visto que as pessoas tiveram restrições de circulação por diversos períodos. A secretaria então desenvolveu diversos sistemas, que foram aprimorados ao longo do tempo, para garantir que a sociedade estivesse munida de informação oficial e confiável no combate à Covid-19.

No Imuniza Manaus (imuniza.manaus.am.gov.br), os usuários podem consultar individualmente quais doses estão pendentes e quando devem retornar ao posto de vacinação; emissão do Certificado Municipal de Vacinação; notícias oficiais sobre a pandemia no município de Manaus; dados de transparência dos serviços de saúde básica; entre outros.

O Vacinômetro municipal (vacinometro.manaus.am.gov.br) permite que as pessoas tenham acesso, em tempo real, a todos os números da Campanha Municipal de Vacinação contra a Covid-19, como número de doses aplicadas, quantidade por grupos e faixa etária e percentual da população imunizada.

O Sistema Municipal de Vacinação (SMV), que reúne todos os dados da campanha no município, foi criado com objetivo de apoiar os gestores no monitoramento dos dados e contribuir com a tomada de decisões.

As ações de comunicação institucional também foram fortalecidas pela Semsa, visando a divulgação de informações de forma ampla e com linguagem diversificada para alcançar os diferentes públicos, internos e externos. O próprio site da Secretaria (semsa.manaus.am.gov.br) está disponível como fonte oficial de informações sobre a campanha, desde o início da mesma, com links úteis para acesso direto do usuário, como os endereços e horários dos pontos de vacinação (bit.ly/localvacinacovid19) e unidades de referência para a realização do teste de Covid-19 (bit.ly/ubscovidmanaus).

As redes sociais da secretaria também são ferramentas essenciais no contato direto com os usuários, que podem tirar dúvidas e ser informados sobre as novidades de imunização contra a Covid, além de obter informações úteis como endereços dos pontos de atendimento, horários, intervalos e públicos abrangidos. No Instagram, o perfil é @semsamanaus, e no Facebook, Semsa Manaus.



*PORTAL TUCUMà

Nenhum comentário