Aconteceu!

IMAGENS FORTES! NOVOS VÍDEOS MOSTRAM ÔNIBUS ARRASTANDO HOMEM POR 30 METROS APÓS ATROPELAMENTO NO RÉVEILLON

Motorista acelera ônibus e mata pedestre que tentava impedir partida após o réveillon de Copacabana — Foto: Reprodução

Novos vídeos obtidos com exclusividade pelo g1 mostram que o bombeiro aposentado que morreu ao ser atropelado por um ônibus em Copacabana, na madrugada do réveillon, foi arrastado por cerca de 30 metros, apesar do apelo de pedestres para que o motorista parasse.

 

As imagens mostram que o corpo fica preso debaixo do coletivo, com a cabeça à frente da roda dianteira direita.

 

O motorista Valdir das Mercês Junior, de 28 anos, foi preso por suspeita de homicídio doloso – quando há a intenção de matar.


Veja Vídeo:




Em depoimento obtido pelo g1, Valdir disse que não viu que o subtenente aposentado do Corpo de Bombeiros Gilson Castro Silva, de 58 anos, estava à frente do ônibus na hora que acelerou o ônibus – o que, segundo a Polícia Civil, é desmentido pela investigação.

 

"Em um primeiro momento, ele prestou esclarecimento falso ao narrar o que aconteceu na dinâmica do atropelamento. Nessa ocasião (do depoimento de Valdir), não haviam testemunhas e nem imagens que pudessem contradizer a versão dele. Mas, com avançar das investigações, localizamos testemunhas e elas foram ouvidas. Além disso, analisamos várias imagens de pessoas que filmaram a ação. A partir daí, não restaram dúvidas sobre a conduta do investigado e o dolo de matar", disse o delegado André Leiras, titular da 12ª DP, ao g1.

 

Os vídeos mostram com clarez o momento em que o motorista acelera e derruba vítima, na Avenida Nossa Sra. de Copacabana, na altura da Praça do Lido.

 

Valdir dirigia um ônibus da linha 125 (Central x General Osório). É possível ver que Gilson estava na frente do veículo, tentando impedir que ele seguisse viagem, com o objetivo de embarcar. Do lado de fora, outras pessoas também tentavam pegar o ônibus enquanto Gilson segurava o veículo.

 

Após ameaçar acelerar o ônibus por duas vezes, o motorista avança e Gilson cai para trás. 


 

Fonte: G1

Nenhum comentário