Aconteceu!

PREFEITO DAVID ALMEIDA E GOVERNADOR WILSON LIMA DÃO INÍCIO ÀS OBRAS DO PARQUE GIGANTES DA FLORESTA

 

Fotos – Dhyeizo Lemos / Semcom

O prefeito de Manaus, David Almeida, e o governador do Amazonas, Wilson Lima, assinaram, na manhã desta quinta-feira, 19/1, a ordem de serviço para início da construção do parque Gigantes da Floresta, o primeiro espaço linear multigeracional, urbano e temático do Estado. Com 2 quilômetros de extensão, a nova atração da cidade é resultado de um convênio firmado entre Prefeitura de Manaus e governo do Estado, e fica localizado entre as avenidas Isaías Vieiralves e Olívia de Menezes Vieiralves, nos bairros Novo Aleixo e Tancredo Neves.

De acordo com David Almeida, o parque Gigantes da Floresta, que deve ser entregue até dezembro deste ano, irá levar lazer e impulsionar o turismo nas zonas Norte e Leste, as mais populosas da capital.

“O Natal que tivemos em 2022 lá na Ponta Negra, e foi destaque em todo o Brasil, nós vamos ter também aqui. Esse é o olhar de quem morou em comunidades. Eu sou filho do Morro da Liberdade. O governador morou no Tancredo Neves. Por isso, entendemos a realidade da população que mora no entorno desta área. Hoje já iniciamos a construção da primeira etapa do parque Gigantes da Floresta. A segunda etapa, que contempla a parte cênica do parque, muito provavelmente, será iniciada em março. Assim, junto com outras obras, vamos mudar o eixo turístico de Manaus para esta região, que é a mais populosa da cidade”, enfatizou David.

A obra foi licitada ainda no ano passado, tendo como vencedora a empresa Construtora Progresso Ltda., dentro da concorrência pública 012/2022, realizada pela Comissão Municipal de Licitação (CML), no valor de R$ 47.738,779,20.

Com a construção, a população vai ganhar um espaço público de qualidade, numa área hoje sem uso definido, sendo passível de novas ocupações irregulares e até de lixeiras viciadas.

Para o governador Wilson Lima, a construção do parque Gigantes da Floresta só fortalece ainda mais a parceria firmada entre os Executivos municipal e estadual em prol de uma Manaus melhor e mais equipada para as necessidades do século 21.

“Nós temos uma parceria permanente com a Prefeitura de Manaus e eu torço para que seja uma parceria longeva, não apenas agora enquanto somos governador e prefeito, mas que possa perdurar por muito tempo. As prefeituras, quando estão sozinhas, enfrentam dificuldades para tocar obras tão grandes como essa. Por isso, essa parceria é tão importante. Temos o Asfalta Manaus, a obra do viaduto Rei Pelé, na bola do Produtor, temos agora o Gigantes da Floresta, enfim, Estado e prefeitura estão trabalhando para resolver antigos gargalos e melhorar a vida da população de Manaus”, afirmou Lima.

Projeto

O projeto parque Gigantes da Floresta é de autoria do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e contempla faixa saudável, com pista de caminhada, faixa verde de arborização e ciclovia bidirecional, contendo paraciclos em sua extensão, como fez questão de destacar o titular da pasta, Carlos Valente.

“Esse é um parque multiusuário. Desde a criança, até o idoso, nós teremos espaços para todos. Teremos quadras de área, skate park, trilhas para caminhada e espaço de zumba. Tudo isso foi planejado pelos técnicos do governo do Estado e da Prefeitura de Manaus. As obras já começaram e vamos ter um final de ano especial para os moradores das zonas Leste e Norte de Manaus. Esse parque visa a manutenção da área de preservação permanente e está prevista uma compensação ambiental. Durante a execução da obra, algumas árvores serão remanejadas e outras serão plantadas”, salientou Valente.

Para atender todas as faixas etárias e grupos, a prefeitura projetou espaços para Pessoas com Deficiência (PcDs) e com mobilidade reduzida, como um playground inclusivo e um play pet.

Saúde e habitação

O espaço vai ganhar um Centro de Atendimento Psicossocial (Caps), com 626,20 metros quadrados, e a construção de 180 unidades habitacionais no seu entorno, divididas em três blocos distintos de cinco pavimentos cada, com 101 vagas de estacionamento para carros e motos. Estes serão entremeados por calçadas arborizadas e playgrounds.

Na extremidade oposta ao conjunto habitacional, será implantado o parque temático com esculturas de grandes dimensões alusivas à natureza amazônica, com uma diversidade de cenários interativos. Os espaços terão iluminação cênica direcionada, como também alguns vão contar com áreas molhadas com jatos d’água. Esculturas e figuras de grandes dimensões serão uma ode à Amazônia, com uma diversidade de cenários interativos, áreas molhadas, e brinquedos lúdicos e interativos para adultos e crianças.

Nenhum comentário