Aconteceu!

PREFEITURA PROMOVE PRÁTICA DE AURICULOTERAPIA PARA QUALIFICAR OFERTA DO SERVIÇO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA DE MANAUS

Foto – Alex Otani e Elienai Emanuel / Semsa

Visando fortalecer a adoção das Práticas Integrativas Complementares (Pics) na saúde básica, a Prefeitura de Manaus promoveu, nesta terça-feira, 3/1, uma ação de auriculoterapia voltada a servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), capacitados em auriculoterapia no mês passado, puderam colocar em prática os métodos estudados para, assim, qualificar a oferta à população.


A ação foi realizada durante todo o dia, no auditório Doutor Deodato de Miranda Leão, na sede da Semsa (avenida Maceió, s/n, Adrianópolis). A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, acompanhou a atividade e destacou a importância de fomentar a realização das Práticas Integrativas e Complementares (Pics) nas unidades básicas.

 

“Essas práticas integrativas já fazem parte dos serviços ofertados na Atenção Primária, e agora estamos dando mais um avanço no sentido de aprimorar esses serviços nas nossas unidades. Hoje, voltamos à atenção para os nossos servidores da saúde, para que eles conheçam os benefícios da auriculoterapia, e os profissionais da ponta estarão ainda mais preparados para levar o método às unidades”, contou.

 

A chefe do Núcleo de Prevenção de Riscos à Saúde por Causas Externas e Fatores de Risco da Gerência de Promoção à Saúde da Semsa, Carla Azevedo, explicou que as Pics são recursos terapêuticos que buscam a prevenção de doenças e a recuperação da saúde.

 

Além da auriculoterapia, também incluem a meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, Terapia Comunitária Integrativa, yoga, apiterapia, aromaterapia, bioenergética, constelação familiar, cromoterapia, entre outros.

 

“As Práticas Integrativas e Complementares em Manaus vêm crescendo e de forma importante na promoção de saúde da população. Há poucos anos, os cidadãos começaram a ter acesso a sessões de auriculoterapia, principalmente pacientes com dores crônicas. Além de reduzir a prescrição de analgésicos, os usuários relatam melhora também no bem-estar emocional”, afirmou Carla.

 

Auriculoterapia é uma técnica da Medicina Tradicional Chinesa, considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma terapia de microssistema, onde são mapeados mais de 200 pontos auriculares, os quais são utilizados para diagnóstico e tratamento de patologias que atuam no âmbito físico, mental e emocional para enfermidades agudas e crônicas.

Nenhum comentário