Aconteceu!

THAYSA LIPPY FAZ AVALIAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO FRENTE À CMM, OS DESAFIOS E AS PERSPECTIVAS PARA 2023


Em 2022, a vereadora Thaysa Lippy (Progressista) aprovou medidas importantes para o desenvolvimento da cidade de Manaus e cumpriu seu papel de indicar melhorias e de fiscalizar os serviços públicos. Em destaque, a parlamentar apresentou mais de 600 proposituras, entre Projetos de Lei (PL), Indicações, Requerimentos, Ofícios e outros.

Durante o ano, foram protocoladas 18 Indicações, 123 Requerimentos, 15 Projetos de Lei, sete Emendas Individuais, cinco Emendas Coletivas, uma Emenda de Texto, uma Emenda de Bancada e mais de 300 Ofícios. Das atividades parlamentares, foram feitos 122 Pareceres e mais de 30 Análises de Leis.

De acordo com a vereadora, uma das maiores vitórias do seu mandato em 2022 foi conseguir aprovar os Projetos de Lei (Lei 494/2021), que dispõe sobre política pública municipal para garantia, proteção e ampliação dos direitos das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus familiares na cidade de Manaus e o Projeto de Lei 318/2021, que já virou lei este ano e que determina que escolas públicas de Manaus orientem os estudantes sobre abuso sexual infantil.

Sempre direcionando seu trabalho em prol dos mais necessitados, Thaysa considera que em 2022 foi um ano de grandes desafios, mas que importantes melhorias e assuntos prioritários foram resolvidos. “O trabalho legislativo foi intenso e todos os vereadores foram atuantes neste ano. Pudemos debater temas importantes, cobrar por serviços que precisavam melhorar, votar projetos necessários para o desenvolvimento da cidade e ainda por cima economizar o dinheiro público”, relata a vereadora.

Dos Projetos de Lei apresentados em 2022, Thaysa Lippy destaca o PL 429/2022, que cria o ‘Manaus Legal’ para a realização de aulas sobre direito constitucional aos alunos da rede pública municipal de ensino de Manaus; o PL que obriga a inclusão de serviços de proteção à mulher vítima de violência nos sites da Prefeitura de Manaus; o Projeto de Lei que reconhece o cordão de girassol como instrumento auxiliar de orientação para identificação de pessoas com deficiência ocultas e o projeto que veda a denominação de logradouros com nomes de pessoas que tenham sido condenadas por crimes contra a mulher e o Projeto de Lei que obriga a identificação em braile nas portas dos gabinetes e salas de repartições públicas e privadas.

Segundo ela, outro PL em destaque é o que trata da obrigatoriedade das unidades públicas do município de Manaus, onde são feitos o atendimento do pré-natal, a divulgarem o direito ao teste da orelhinha, teste do pezinho, teste do olhinho e teste do coraçãozinho. Esse PL foi deliberado no plenário da CMM em outubro. Apesar de serem gratuitos os exames da triagem neonatal, muitas mães ainda deixam de fazer. Esse PL agora tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Além das atividades parlamentares, Thaysa realizou mais de 20 ações sociais este ano. As ações foram voltadas a comunidades carentes onde são realizados diversos atendimentos jurídicos, corte de cabelo, médicos como clínico geral, oftalmológico, cardiológico, odontológico e psicológico. Este ano, as ações foram realizadas na Compensa 3 e 2; Alvorada; Colônia Antônio Aleixo; Monte Pascoal; Tancredo Neves; Cachoeirinha; Nova Cidade; João Paulo II; Coroado; Bairro União; Cidade Nova; Gilberto Mestrinho; Nova Floresta; Amazonino Mendes; Novo Israel; Zumbi e Tarumã.

Nenhum comentário