últimas

EX-VEREADOR DE PRESIDENTE FIGUEIREDO E A ESPOSA SÃO PRESOS POR GOLPE DE ESTELIONATO



Foto: Divulgação 




O ex-vereador do município de Presidente Figueiredo, Maurício Gomes de Souza, de 43 anos, conhecido como “Magom”, e a esposa dele, Maria Jussara da Silva Marreiro, de 32 anos, foram presos, na tarde desta quarta-feira (09), em um condomínio de luxo no bairro Ponta Negra, zona oeste de Manaus.

De acordo com Demétrius Queiroz, delegado adjunto da DERFD, o casal passou a ser investigado após o registro de um Boletim de Ocorrência, no mês de julho, relatando que a dupla vendeu um imóvel onde morava alugado usando uma procuração falsa. O imóvel foi negociado por R$ 2,6 milhões.

Ele (o proprietário) veio tomar conhecimento muito depois, quando foi entrar no condomínio para ver a casa dele, cobrar os aluguéis que estavam em atraso. O Maurício não renovava mais o contato, quando ele voltou lá no condomínio, já tinha outro dono. Ele foi tomar conhecimento de tudo e trouxe o caso à delegacia”, explicou.

Durante as investigações, foi constatado, de fato, que o casal havia cometido o crime.

Prisões

A ordem judicial em nome deles foi expedida no dia 2 de setembro deste ano pela juíza Margareth Rose Cruz Hoagen, da 4ª Vara Criminal. Maurício e Maria Jussara foram presos por volta das 16h de quarta-feira (09/10) em um condomínio de luxo, situado no bairro Ponta Negra, zona oeste da capital. “Magom” já responde na Justiça por homicídio, dois estelionatos e falsificação de documentos públicos, segundo informações do delegado adjunto da DERFD.

Procedimentos

O casal foi indiciado por estelionato, e após procedimentos cabíveis , Maurício será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), e a esposa dele, Maria Jussara será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).

Nenhum comentário