últimas

PREFEITO HOMENAGEIA APOSENTADOS EM ‘OBRIGADO, SERVIDOR’


O evento “Obrigado, Servidor” faz parte do calendário da Prefeitura de Manaus, dentro das comemorações pelo Dia do Servidor Público, e resgata a importância daqueles que já prestaram serviços e hoje estão aposentados. Nesta segunda-feira, 25/11, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, foram os anfitriões da sexta edição do evento, com a entrega de uma placa em agradecimento ao tempo de serviço. A solenidade foi realizada no auditório da prefeitura, Compensa, zona Oeste.
 “Manaus é, sem dúvida, a melhor Previdência do país. Isso todo mundo reconhece. Nós nos antecipamos a tudo, fizemos segregação de massa, capitalizamos, eliminamos os fundos podres. E hoje nós recebemos a inflação e mais, no mínimo, seis por cento em nossos investimentos, o que nos dá uma grande tranquilidade, sabendo que nossos aposentados estão seguros”, destacou o prefeito.

Ainda durante o evento, a diretora-presidente da Manaus Previdência, Daniela Benayon, passou às mãos do prefeito uma menção honrosa concedida pela Associação Nacional de Entidades Previdenciárias de Estados e Municípios, durante o 18º Congresso Nacional, realizado entre os dias 18 e 20 de novembro, em Alagoas. A menção foi concedida a apenas cinco gestores brasileiros pela qualidade da previdência.

Arthur foi, mais uma vez, reconhecido pelo sério trabalho de recuperação previdenciária no município de Manaus. Ao receber a homenagem, o prefeito lembrou da situação crítica que existia na Previdência municipal, com mais de 50% dos recursos investidos em fundos podres. Hoje, a maior parte desses fundos foi recuperada, garantindo a solidez financeira da instituição, com capital de mais de R$ 1,3 bilhão investidos em fundos saudáveis e rentáveis.

“Eu olhava para os meus servidores da ativa e dizia: se a gente não consertar a Previdência, eles não vão poder receber. E olhava para os aposentados e pensava: eles não sabem o risco que estão correndo de não receber. Isso me angustiava. Hoje, esse risco não existe mais”, afirmou o prefeito Arthur Neto. “Eu não hesitarei em fazer uma nova capitalização para que a Manaus Previdência possa continuar crescendo e que sirva de exemplo para o resto do país”, completou.

Aproximadamente 500 novos aposentados foram homenageados, entre eles Valdenira Mendonça Cortes, da Secretaria Municipal de Educação (Semed); Laura Castilho Barbosa, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa); Raimundo Rodrigues de Sousa e Ailton Ferreira Brito, da Casa Militar; e Francisco Herculano Carneiro, também da Semed, que receberam das mãos do prefeito e da primeira-dama as placas comemorativas.

“Para todos nós é uma grande alegria, porque temos a grande honra de ter um administrador que sempre teve muita responsabilidade e trata com dignidade os servidores. Para nós isso é motivo de alegria e honra”, disse o novo aposentado Francisco Herculano Carneiro.

Credibilidade
A Manaus Previdência tem um elenco de atividades dedicadas aos aposentados e pensionistas para auxiliá-los nessa nova etapa de vida, na busca de novos caminhos. “Estamos homenageando os servidores que se aposentaram no ano passado. Esse evento tem como maior propósito homenagear aqueles que dedicaram boa parte de sua vida ao serviço público, com zelo e com rigor”, disse a diretora-presidente da Manaus Previdência, Daniela Benayon.

Ela também lembrou o trabalho do prefeito Arthur Neto em resgatar as finanças da instituição e a segurança previdenciária aos aposentados e pensionistas do município. “Tivemos um longo trabalho e hoje temos uma certificação nível 3 em gestão, a primeira capital em conseguir e já estamos caminhando para o nível 4 em 2020”, afirmou Daniela.

E a autonomia para a gestão da Manaus Previdência, definida por lei pelo prefeito Arthur Neto, foi um fator importante nesse caminho.  “O prefeito entende, como pouquíssimos políticos, que o dinheiro da Previdência é sagrado, deve ser utilizado exclusivamente para pagamento dos aposentados e pensionistas e não ser confundido com fundos do tesouro municipal. Isso mostra a sua responsabilidade”, finalizou Benayon.

Texto – Jacira Oliveira/Semcom

Nenhum comentário