últimas

MORO DIZ QUE GOVERNO AVALIA FECHAR FRONTEIRA COM OUTROS PAÍSES





O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou que o governo estuda fechar fronteiras com outros países, além da Venezuela, como já foi feito, para tentar barrar a expansão rápida da infecção da pandemia de coronavírus.

"Tivemos uma reunião presidida pelo presidente da República e presidentes do Mercosul, no qual esse tema foi tratado", iniciou o ministro, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (18) no Palácio do Planalto. "E está em avaliação, pelo governo federal, a possibilidade do fechamento temporário, exclusivamente por medidas sanitárias, da fronteira do Brasil com outros países nos termos semelhantes a essa medida feita em relação à Venezuela."

Hoje, o governo fechou a entrada de estrangeiros vindos da Venezuela. Segundo Moro, o motivo foi a constatação de que sistema de saúde venezuelano está em "colapso" e o fato de que as unidades brasileiras não poderiam absorver a demanda externa.

No entanto, um eventual fechamento de fronteiras para outros países da América do Sul consideraria "circunstâncias diversas", continuou o ministro da Justiça.

O UOL questionou o ministro depois da entrevista coletiva sobre como seria esse novo fechamento de fronteiras. Mas o Moro não respondeu à pergunta.

De sua parte, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que medidas que acabam por barrar a circulação de mercadorias podem ser prejudiciais. Ele disse, na mesma entrevista coletiva, que é contra o fechamento estradas.

A possibilidade, segundo ele, é discutida por alguns governadores e pode trazer mais problemas do que soluções. Além disso, ele pediu flexibilidade nos processos de compras do governo, que dependem de licitação na maioria dos casos.

"Esses fechamentos de estradas, que alguns governadores insinuam, são um problema. Na adiante fechar tudo e faltar o frango. Se não chegar com cloro na água de todo o Brasil, a gente sai do vírus e cai em problema de qualidade de água", declarou o ministro da Saúde.





UOL NOTÍCIAS 

Nenhum comentário