últimas

BELARMINO LINS REITERA APELO EM FAVOR DO REAJUSTE DO BOLSA FLORESTA PARA R$ 150


Em discurso na sessão híbrida desta quinta-feira (15) da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), o deputado Belarmino Lins (PP) reiterou apelo ao Governo do Estado e a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) em defesa de estudos visando reajustar o pagamento do Bolsa Floresta às famílias que prestam serviço ambiental ao programa.

A proposta do parlamentar progressista é para que o reajuste passe do atual patamar de R$ 50 para R$ 150 a cada família participante do programa. Em fevereiro deste ano, antes da pandemia do novo coronavírus, ele encaminhou Indicação ao governador Wilson Lima sugerindo o reajuste.

“Acredito que, depois de 13 anos da criação do Bolsa Floresta, o reajuste incentivará, mesmo que de forma simbólica, o homem que mantém a floresta em pé, e confio na grande sensibilidade do governador Wilson Lima em relação ao nosso apelo”, disse o deputado, salientando também apostar na compreensão do superintendente geral da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Virgilio Viana, quanto a essa importante demanda.

Instituído em setembro de 2007, sob o Governo do hoje senador Eduardo Braga (MDB-AM), o Bolsa Floresta é direcionado ao desenvolvimento da cadeia produtiva dos serviços e produtos ambientais de base florestal sob a Lei 3.135 sobre Mudanças Climáticas, Conservação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas, e da Lei Complementar 53, sobre o Sistema Estadual de Unidades de Conservação (Seuc), ambas promulgadas em 5 de junho de 2007.

Nenhum comentário