Aconteceu!

MÉDICA FAZ PIADA COM INTUBAÇÃO DE PACIENTES EM HOSPITAL DE CAMPANHA



Leanara é plantonista no Hospital de Guarnição da cidade de Guajará-Mirim

GUAJARÁ-MIRIM-RO: A médica Leanara Amaro, formada na Universidade Federal de Rondônia – UNIR, foi acionada no Ministério Público Estadual – MP/RO após realizar uma publicação no mínimo ‘sem noção’ em uma página nas redes sociais.

Leanara é plantonista no Hospital de Guarnição da cidade de Guajará-Mirim, uma das cidades mais afetadas pela pandemia de COVID-19 em Rondônia.

Em sua publicação ela escreveu ‘mais um eu peço música no fantástico’, referindo-se ao trabalho de intubação de dois pacientes infectados pelo COVID-19 em durante seu plantão.

A publicação foi realizada nos stories da médica em seu instagram e gerou a indignação da comunidade. Um vereador da cidade decidiu entrar com a denuncia no MP/RO e desabafou sobre a ‘brincadeira’ da médica.

Confira publicação do vereador:

Saudações as Famílias Guajaramirenses!

E com muita revolta e indignação que recebi uma postagem via whats e face, feita por uma Profissional da Medicina lotada no Hospital do COVID, onde o teor continha os seguintes dizeres:

“Dois intubados no mesmo plantão kakakakka”

“Mais um eu peço música no fantástico / frase seguida de (figura de rosto sorrindo) ”

De imediato entrei em contato com o Plantão do Ministério Público pelo celular (69) 9 8408-9938, relatei o fato e fui orientado pela sra. Andressa, que cobrasse providências das seguintes autoridades:

– Diretor do Hospital Regional, sr Wistom;

– Secretário Municipal de Saúde sr. Rafael Ripke Tadeu Rabelo e;

– Prefeita sra. Raissa Paes.

Solicitei tanto do diretor do hospital quanto do secretário, que tomassem as devidas providências que o caso requer.

O sr. Rafael, se prontificou a fazer as devidas apurações, para verificar a veracidade do fato narrado, assim bem como, de imediato publicar uma “Nota de Repúdio”, repudiando esse INFELIZ EPISÓDIO. Reiterou que desaprova toda e qualquer tipo de exposição de trabalhos realizados por profissionais da saúde, onde demostre DESPREZO PELA VIDA HUMANA.

O secretário se solidarizou com todos os pacientes e seus familiares, assim bem como toda a população guajarámirense pelo lamentável fato ocorrido.

Irei acompanhar de perto toda a apuração desse Infeliz e Repugnante ato totalmente desprezível.

Fonte: Rondo Notícias

Nenhum comentário