Aconteceu!

SECRETARIA DE CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSO DE LIBRAS ON-LINE

 

Aulas são gratuitas e acontecem entre os meses de abril e maio - Foto: divulgação

Nesta quinta-feira (25/03), a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa abre inscrições para o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) on-line, que vai acontecer entre os dias 6 de abril e 20 de maio, de terça a sexta-feira, das 9h às 11h30, por meio da plataforma Google Meet. As aulas gratuitas vão ser ministradas pelo instrutor Marcelo Costa.

Segundo o secretário Marcos Apolo Muniz, o curso é oferecido pela Assessoria de Inclusão da Pessoa com Deficiência da pasta desde 2012. Ele explica que a iniciativa de lançar a atividade em formato digital se deve a alta demanda do público.

“As turmas eram formadas por 45 alunos antes da pandemia, quando as aulas eram presenciais. Cerca de 50% chegam a concluir, o aproveitamento é muito bom, então decidimos fazer o primeiro curso on-line”, avalia o titular da pasta. “É uma atividade gratuita, com 20 vagas disponíveis neste primeiro momento, voltada para o público em geral e qualquer pessoa, a partir dos 16 anos, pode participar”.

Conteúdo – O instrutor Marcelo Costa adianta que a proposta vai trabalhar uma linguagem para simples comunicação, como cumprimentos, advérbio de tempo, calendário, transporte, animais e família.

“São duas horas e meia entre teoria e prática. A partir deste curso, as pessoas podem atuar na comunicação com a comunidade surda e ajudar na acessibilidade”, afirma o instrutor, que é formado em Licenciatura em Letras Libras e tem dez anos de experiência na área. “Por exemplo, para quem trabalha no Distrito Industrial, a condição fica bem melhor, porque há muitos surdos em fábricas”.

Os interessados podem fazer a matrícula até 31 de março, pelo e-mail inclusao.cultura@cultura.am.gov.br, com nome completo, e-mail e contato.

Assessoria de Inclusão da Pessoa com Deficiência – Criado em maio de 2012, o setor oferece atendimento a pessoas com deficiência (PcDs) que procuram os espaços e espetáculos da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. Conforme Marssiclea Brito, que atua como agente administrativa no departamento, a equipe faz a recepção e presta serviço de interpretação de Libras e audiodescrição nos equipamentos culturais administrados pelo Governo do Amazonas.

“Podemos ser solicitados pelo público quando há qualquer tipo de necessidade desses serviços nos espaços e, agora, neste momento de pandemia, migramos nossas atividades também para as plataformas digitais. Temos boas perspectivas”, destaca.

A Assessoria de Inclusão da Pessoa com Deficiência tem base no Centro Cultural Palácio da Justiça, na avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro de Manaus.

Nenhum comentário