Aconteceu!

AUXÍLIO BRASIL: QUEM NÃO CONSEGUIR ATUALIZAR O CADÚNICO PODERÁ PERDER O NOVO BOLSA FAMÍLIA


O novo Bolsa Família entrará em vigor em novembro como quer o governo. A Medida Provisória que prevê a substituição do Bolsa Família pelo Auxílio Brasil tem previsão que seja aprovada pelo Congresso em outubro, depois que o presidente Jair Bolsonaro entregou pessoalmente ao presidente da Câmara Arthur Lira a MP.

O Auxílio Brasil só entrará em vigor depois que terminar os pagamentos odo auxílio emergencial, que será encerrado em outubro de 2021.

Como haverá uma migração entre programas, é preciso que os beneficiários do Bolsa Família ligado para não ser cortado e perder o benefício. Para que isso não aconteça é bom seguir as regras e atualizar o seu cadastro no CadÚnico.

Com a migração entre programas, os beneficiários do Bolsa Família precisam ficar atentos para evitar o corte do benefício. É necessário manter seus dados atualizados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) para que isso não ocorra.

Muitas coisas podem impedir você de receber o novo Bolsa Família, como esquecer de atualizar o seu cadastro no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais), deixar de avisar mudança de endereço, nascimento de um novo membro da família, algum morador que mudou de casa, novo emprego ou algum morador ficou desempregado.

Como atualizar os dados?
Para atualizar seus dados é necessário se dirigir ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de onde o cidadão reside. Também poderá ser realizado em postos de atendimentos do Cadastro Único (CadÚnico) ou do programa Bolsa Família.

O Cadastro Único é um conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza.


 

Nenhum comentário