Aconteceu!

PC-AM PRENDE HOMEM APONTADO COMO UM DOS MAIORES PISTOLEIROS DE GRUPO CRIMINOSO QUE ATUA NO AMAZONAS


FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM

Nesta terça-feira (02/11), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), deflagrou a operação Die Defunctorum, que culminou no cumprimento do mandado de prisão preventiva por homicídio em nome de Deyves de Jesus Ramos, de 19 anos. Ele é apontado como um dos maiores pistoleiros de uma organização criminosa que atua no Amazonas.

A ação contou com o apoio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), que, no domingo (31/10), realizou a abordagem ao indivíduo naquele município, e deu andamento nos procedimentos iniciais. Uma equipe da DEHS foi deslocada até Itacoatiara.

Conforme o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, foi constatado que o Deyves já estava sendo investigado pelas equipes da especializada pela autoria e participação em diversos crimes, tanto na capital quanto no interior do estado.

“Esse indivíduo é apontado como um dos maiores pistoleiros de um grupo criminoso com atuação no Amazonas. Até o momento, foi contabilizada a participação dele em, pelo menos, sete homicídios. As ordens para as execuções partem de líderes da organização criminosa do Rio de Janeiro”, explicou Cunha.

O mandado de prisão preventiva em nome do infrator foi expedido no dia 2 de novembro deste ano, pela juíza Andréa Jane, do Plantão Criminal.

O delegado Paulo Barros, titular da DIP de Itacoatiara, informou que, após a abordagem naquele município, o indivíduo relatou a prática de alguns crimes. Os policiais entraram em contato com as equipes da DEHS, que confirmaram a participação dele nas ações criminosas. Ele foi conduzido à capital, onde foi dado cumprimento a ordem judicial.

Crimes – Segundo o titular da DEHS, até o momento, Deyves confessou a autoria e participação em vários homicídios, entre eles, o de Marcelo Frederico Laborda, que tinha 51 anos, e foi assassinado no dia 28 de agosto deste ano, no bairro Centro, zona sul. O homem era pai de Marcelo Frederico Laborda Júnior, o “Marcelinho da FDN”, cunhado do narcotraficante José Roberto Fernandes Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa”.

Também participou do duplo homicídio que teve como vítimas Vitor Patrício da Frota Maia e Thiago Costa dos Santos, ocorrido no dia 24 de setembro, por volta das 20h30, na rua Santa Aurélia, bairro Monte das Oliveiras, zona norte. No mesmo dia, Andreza Santos da Silva, conhecida como “Pérola Eduarda Nora”, foi sequestrada e morta com cerca de 12 tiros, na rua 50, bairro Novo Aleixo, naquela mesma zona da cidade.

Dois dias depois, em 26 de setembro, Jefferson da Silva Moldes, de 31 anos, conhecido como “Pai”, foi executado com vários tiros na rua Canaã, comunidade Paraíso Verde, bairro Santa Etelvina, também na zona norte. Ainda naquele mesmo dia, Elizângela Freitas dos Santos, esposa do traficante e um dos ex-chefes do tráfico de drogas de um grupo criminoso com a atuação no estado, Franciney Amorim dos Santos, 47, conhecido como “Ney Pitbull”, foi executada a tiros no Km 79, da rodovia AM-010, em Rio Preto da Eva.

De acordo com Ricardo Cunha, ele é apontado ainda pela participação na morte de Lucas Diego, que foi assassinado com dois tiros na cabeça na manhã do dia 30 de setembro, na avenida Eduardo Ribeiro, bairro Centro de Manaus; e da morte de um indivíduo identificado apenas como Lucas, na rua Lobo D’Almada, no mesmo bairro.

“Verificamos também que ele possui uma possível participação em uma chacina ocorrida em Itacoatiara, no dia 29 de abril deste ano, na qual os corpos de quatro homens foram encontrados enterrados em uma cova em um sítio na rodovia AM-010”, informou o delegado.

A autoridade policial destacou que as investigações seguirão em andamento para averiguar a participação dele em outras práticas criminosas.

Procedimentos – Deyves responderá por homicídio e será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Nenhum comentário