Aconteceu!

PREFEITO VISITA CEMITÉRIO E ANUNCIA ENTERRO DIGNO ÀS VITIMAS DA COVID-19 SEPULTADAS EM COVAS COLETIVAS

 


PREFEITO ACOMPANHADO DO SEC SABÁ REIS

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou, nesta terça-feira, 2/11, Dia de Finados, durante visita a seus entes queridos, no cemitério São João Batista, no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul, o enterro digno às 15 vítimas de Covid-19, sepultadas ano passado em uma cova coletiva, durante a primeira onda da pandemia do novo coronavírus.


“Manaus sofreu muito com a pandemia todos sabem. Quinze pessoas, em Manaus, no auge da pandemia foram sepultadas em valas comuns, nós já temos espaço para enterrá-las em sepulturas individuais, de forma decente, honrada, e nós vamos trabalhar para fazer a exumação, entrar em contato com as famílias, pedir à Justiça, e dar um enterro digno a essas pessoas, que não tiveram a oportunidade de ter direito a um sepultamento digno”, destacou o prefeito, que também informou que os trabalhos serão conduzidos pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp).

 

Ainda segundo Almeida, o sepultamento das 15 vítimas da Covid-19, em covas individuais, não se trata de politização, mas de dignidade aos mortos e conforto às suas famílias, pelo momento difícil pelo qual passaram.

 

“Buscar dar dignidade às pessoas é a minha obrigação e de minha equipe, enquanto gestores. E eu peço a Deus que conforte todas as famílias, estamos buscando dar um conforto a elas, além de prover dias melhores para a nossa cidade”, pontuou.

 

O secretário de Limpeza Urbana, Sabá Reis, explicou que o processo para a execução do ato ainda está em fase de elaboração, e todo o procedimento será feito de forma regular e organizada, sempre ponderando o respeito às vítimas e às famílias.

“Infelizmente, quando se referem à pandemia aqui em Manaus, aquelas imagens são uma referência chocante. Foi uma coisa desumana aquilo. E nosso objetivo é dar dignidade e respeito, tanto às vítimas quanto às famílias”, ressaltou.

Uma das primeiras providências da gestão David Almeida, ao assumir o Executivo municipal, em janeiro deste ano, foi a de reestruturar o cemitério Nossa Senhora Aparecida, no Tarumã, zona Oeste, com a revitalização do espaço, implantação de iluminação a LED e recuperação asfáltica das ruas, que dão acesso às quadras do campo-santo, além da construção de 22 mil covas verticais e limpeza do lugar.

Desde janeiro, todos os dez campos-santos da cidade – sendo seis na área urbana e quatro na zona rural – receberam investimentos e melhorias, que foram intensificados com a chegada do Dia de Finados.

Um esquema especial de limpeza já foi executado com serviços de roçagem, capinação, retirada de entulho e lixo, não somente nos cemitérios, como também no entorno dos mesmos.

Livro

Em meio à movimentação no cemitério São João Batista, o público contou com o lançamento do livro “Cemitério Patrimônio”, da escritora Raquel Ferreira Santos, uma das contempladas com o Prêmio Zezinho Corrêa 2021, da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

— — —

Texto – Isabella Siqueira / Semulsp

Nenhum comentário