Aconteceu!

PLANO DE TRABALHO SOCIAL DA PREFEITURA RETOMA REUNIÕES PARA MORADORES DO MANAUARA ETAPA B

Foto – Divulgação/Implurb

Com foco em organização social e engajamento, nos dias 19, 21, 26 e 27, de janeiro os novos moradores do residencial Cidadão Manauara 2, etapa B, iniciam o ano de 2022 com reuniões do Plano de Trabalho Social (PTS) oferecidas pela Prefeitura de Manaus. Os residentes são separados em grupos, por blocos, para evitar aglomeração e manter os cuidados durante a pandemia da Covid-19.

 

Divididos em grupos, os moradores da etapa B vão receber atividades para estimular a criação de organismos representativos e o desenvolvimento de grupos sociais e comissões entre os mutuários, com atendimento pela Vice-presidência de Habitação e Assuntos Fundiários (Vpreshaf) e do Grupo Institucional do Poder Público (GIPP).

 

A assessoria técnica da Vpreshaf promove, junto aos beneficiários, com suporte de uma empresa licitada para a execução do PTS, uma série de palestras, reuniões e encontros com assuntos que vão desde seus direitos e deveres como usuários do sistema habitacional, até informações sobre tarifas sociais; cadastros em programas sociais; organização comunitária e planejamento do orçamento familiar; racionalização de gastos com a nova moradia; capacitações para compor a gestão condominial, entre outros.

 

As capacitações são oferecidas gratuitamente e fazem parte do plano de trabalho social do programa da Prefeitura de Manaus.

 

Os mutuários recebem informações sobre segurança e prevenção de acidentes domésticos; acesso a tarifas sociais e para microcrédito produtivo e encontros sobre funcionamento dos espaços comuns, ressaltando normas de convivência e boas condutas, além de temas relacionados à higiene, saúde e doenças.

 

Em agosto de 2021, o residencial, que integra o “Casa Verde e Amarela”, começou a ser ocupado após a entrega do programa habitacional da Prefeitura de Manaus, inaugurado pelo prefeito David Almeida e pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

 

Mais moradias

O prefeito David Almeida tem uma meta de construção de 3 mil unidades habitacionais de interesse social em diversos bairros da capital. Além da construção das unidades e do loteamento de terrenos, a gestão está trabalhando fortemente na regularização fundiária em bairros e ocupações consolidadas.

 

Os moradores dos conjuntos residenciais Manauara são isentos de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) por lei municipal, além do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

 

“O Plano Social de Trabalho é licitado, contratado e realizado para dar o suporte necessário às famílias nos cuidados e no dia a dia com a nova habitação própria. A preocupação do prefeito David Almeida é entregar habitação de qualidade, dando dignidade, mas também garantindo apoio em várias áreas e com participação da estrutura da Prefeitura aos novos beneficiários”, afirmou o vice-presidente de Habitação, Renato Queiroz.

Nenhum comentário