TCE

TCE

Aconteceu!

SUSPEITO DE MATAR MELQUISEDEQUE EM MANAUS PEDE PRISÃO DOMICILIAR PARA 'CUIDAR DO FILHO'

Lucas Lima foi o segundo preso do caso - Foto: Reprodução

Lucas Lima, um dos acusados no caso do jovem Melquisedeque Santos, assassinado dentro de um ônibus em dezembro do ano passado, entrou com o pedido para cumprir prisão domiciliar.

Segundo a defesa, um dos três filhos dele sofreu um acidente doméstico na última segunda-feira (18) e está internado com queimaduras pelo corpo.

Sendo assim, ele precisaria acompanhar a criança e prestar apoio à família. O pedido, porém, foi negado porque a juíza Andréa de Medeiros, da 9ª Vara Criminal de Manaus, entendeu que Lucas não é a única pessoa e nem a mais adequada para cuidar do filho.

Na decisão, ela afirma que além de não “ser o único esteio da criança”, o envolvimento do preso não só na morte de Melquisedeque como também em outros cometidos antes, mostram que ele não levava a família e os filhos em consideração.

Ela disse ainda que ficou evidente a trajetória de Lucas no mundo do crime e que mesmo que ele não tenha sido o autor do disparo que tirou a vida de Melquisedeque, ao se associar aos demais envolvidos, ele assumiu o risco de matar e de ser preso. Portanto, ele deve continuar na cadeia.




*PORTAL DO HOLANDA 

Nenhum comentário