Aconteceu!

EQUIPAMENTOS DE RECONHECIMENTO FACIAL ADQUIRIDOS ATRAVÉS DE EMENDA DE FELIPE SOUZA SÃO INSTALADOS EM TRÊS ESCOLAS DE MANAUS



Três escolas estaduais de Manaus estão testando uma nova tecnologia de reconhecimento facial nos alunos. Os equipamentos foram adquiridos através de emenda parlamentar do deputado estadual Felipe Souza. Com o novo sistema de monitoramento instalado, o aluno é identificado ao entrar em sala de aula e os pais são comunicados por SMS, automaticamente, em caso de ausência.

 

A emenda no valor de R$ 9000.000,00 mil reais foi destinada à Secretaria de Estado de Educação e Desporto (SEDUC) a fim de firmar convênio com o Instituto de Tecnologia e Negócios do Norte (ITN) para a implantação do sistema de reconhecimento facial nas escolas públicas da rede estadual de Manaus. O objetivo é controlar a frequência escolar dos estudantes e incentivar maior comunicação entre a escola e a família dos alunos, possibilitando que os pais acompanhem a rotina escolar dos filhos.

 

O sistema funciona da seguinte maneira:

Os estudantes são previamente cadastrados e ao chegar à escola, passam em frente a uma pequena máquina (MinMoe), que registra a presença através do reconhecimento facial. O equipamento também registra a temperatura corporal e as expressões faciais, o que possibilita verificar o estado emocional dos alunos no momento da leitura.

 

O deputado Felipe Souza comemora a instalação dos equipamentos e enfatiza a importância da aplicação em outras escolas do estado. “Investir em tecnologias do tipo traz benefícios não só para os estudantes, mas para os pais e para a escola. Poder contribuir para isso, não tem preço! Proporcionar mais segurança escolar é uma das marcas que faço questão de carregar em meu mandato”, disse o parlamentar.

 

Escolas que receberam os equipamentos:

- Cacilda Braule Pinto, localizada na Rua São Pedro, Coroado 2.

- Padre Agostinho Martin, localizada na Rua Alfredo Paes Barreto, São Francisco.

- Senador Flávio da Costa Brito localizada na Rua Sebastião Romano 382, Compensa 2.

 

Para Rozimeire Cruz, diretora da Escola Cacilda Braule Pinto, localizada no bairro Coroado, zona leste de Manaus, a medida representa “Uma segurança a mais para os pais e também auxilio no controle e gestão escolar”.

 

Sielen Praia, mãe de duas alunas, reforçou que a medida ajuda, principalmente, os pais que não podem levar os filhos à escola e que ficam inseguros ao pensar se eles chegaram, ou não, em segurança.

 

O diretor de tecnologia da informação da SEDUC, Helder Câmara, informou que foram adquiridos 24 equipamentos (MinMoe) para as três escolas. 

Nenhum comentário