Aconteceu!

MP INVESTIGA CACHÊ DE R$ 800 MIL PARA GUSTTAVO LIMA; VALOR É 266 VEZES O TETO DA ROUANET

Foto: Reprodução

A Prefeitura de São Luiz, cidade com pouco mais de 8 mil habitantes no interior de Roraima, será investigada por contratar de um show de Gusttavo Lima pelo valor de R $800 mil.

O Ministério Público de Roraima questionou a prefeitura sobre como esse dinheiro foi arrecadado e qual será o retorno que os moradores da cidade terão. Segundo a Folha de S. Paulo, é como se cada morador, contando adultos e crianças, estivesse desembolsando R$ 100 para pagar o cachê de Gusttavo Lima, sendo que a cidade possui o segundo PIB mais baixo de Roraima, de acordo com o IBGE.

"o evento trará receitas diretas para as contas do município que permitirão o pagamento de todas as despesas, incluindo os cachês dos artistas", alegou o prefeito James Batista ao G1.

O evento será numa vaquejada que deve acontecer em dezembro. Cantarão ainda neste evento César Menotti & Fabiano e Solange Almeida.

A investigação teve início após a onda de exposição dos cachês de sertanejos na internet. Essa exposição começou por parte de internautas que rebateram as declarações de Zé Neto, da dupla com Cristiano, contra a Lei Rouanet, e do discurso pró-Bolsonaro feito por Gusttavo Lima nesta semana.

O valor pago a Gusttavo Lima equivale a 266 vezes o teto do cachê de artistas pela lei Rouanet, alvo de críticas por parte de apoiadores de Bolsonaro, assim como os sertanejos.



*PORTAL DO HOLANDA

Nenhum comentário