Aconteceu!

RELATÓRIO PRELIMINAR DO PL SOLICITA INVALIDAÇÃO DOS RESULTADOS DAS ELEIÇÕES 2022


Foi produzido pelo PL, partido de Jair Bolsonaro, um relatório de cunho preliminar com destino ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e em seu conteúdo havia a solicitação para o órgão invalidar os resultados das eleições de 2022, provenientes das urnas eletrônicas, que já são alvo e pauta dos bolsonaristas há um bom tempo. Segundo a corte, a mesma não tem conhecimento do tal documento.

O presidente do PL, Valdemar da Costa, participou da construção do relatório que consta também com o envolvimento de outros nomes, como o vice presidente do partido, Capitão Augusto, José Tadeu Candelária, presidente do partido em São Paulo, e Carlos Rocha, representante do PL para a as ações fiscais no TSE, que assinou o documento, além de outros nomes.

De acordo com a conclusão, os votos do segundo turno são inválidos e devem ser tratados de tal modo, pois as urnas de modelos que antecedem o ano de 2020, possuem um suposto mau funcionamento. “Não é possível validar os resultados gerados em todas as urnas eletrônicas de modelos 2009, 2010, 2011, 2013 e 2015, resultados estes que deveriam ser desconsiderados na totalização das eleições no segundo turno, em função do mau funcionamento desta urnas”, informa o trecho final do relatório.

Após ser questionado, Carlos Rocha não informou se a recomendação da invalidação dos votos vai ser mantida pelo PL. O mesmo diz que a palavra final será da legenda e que a versão do relatório não está assinada e deve ser considerada antiquada, mesmo a data do documento sendo de 15 de novembro.




*PORTAL TUCUMà

Nenhum comentário