Aconteceu!

OBRA SUPOSTAMENTE SUPERFATURADA PARA DESVIO DE VERBAS PREOCUPA MORADORES DE COARI


O setor de infraestrutura do município, estaria investindo o dinheiro público em uma empresa fantasma para realização de uma "obra fake", explícitamente licitada para a lavagem de dinheiro, tal desvio de verba, estaria superfaturado e avaliado em um valor exorbitante.

A sede da 'pseudo' empresa, estaria localizada no bairro Santa Etelvina, zona Norte da capital amazonense, cujo prédio está abandonado há anos e nele consta a denominação de "COMERCIAL NORONHA".

O local está desativado, o que pode confirmar, que todo o esquema formado para os reparos de pavimentação nas sarjetas e meios fio, teria uma grande probabilidade de ser uma ação ilícita e contra o povo de Coari, que foi assinada e despachada pela prefeita em exercício Jeany de Paula Amaral Pinheiro (PP).

De acordo com as alegações presentes no contrato, o termo possui como objeto a contratação de uma suposta empresa especializada em serviços de pavimentação, drenagem sarjeta e meio fio na área urbana do municipio de Coari-Am (contrato de repasse n° 922173/2021/mdr/CAIXA), conforme proposta apresentada e aceita, obedecendo a fiel e integralmente a todas as exigencias, itens, subitens. elementos e condições constantes no Edital da CONCORRÊNCIA Nº 001/2022- CPL.

O valor Global do mesmo contrato alvo da denúncia, estaria importando a quantia de RS 5.661.830,84 (cinco milhões, seiscentos e sessenta e um mil, oitocentos e trinta reais e oitenta e quatro centavos) conforme a proposta vencedora, a qual faz parte integrante deste mesmo acordo e o pagamento seria efetuado por medição, mediante atesto da "fiscalização".

Fonte: Portal do Sargento Adiel

Nenhum comentário