Aconteceu!

VICE-GOVERNADOR DISCUTE AÇÕES CONTRA DESMATAMENTO E QUEIMADAS EM REUNIÃO NA SEMA

 




Combate integrado a crimes ambientais esteve no centro das discussões junto a órgãos ambientais e de segurança do Estado


Nesta sexta-feira, o vice-governador do Amazonas, Tadeu de Souza, participou de uma reunião de alinhamento e planejamento para 2023, a respeito da conservação ambiental, ações de combate ao desmatamento e às queimadas ilegais, e da captação de recursos do Fundo Amazônia. A reunião aconteceu na sede da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).


As forças ambientais e de segurança pública do Amazonas já atuam em parceria, desde 2019, nas ações de enfrentamento a crimes ambientais no estado, por meio das operações Curuquetê e Tamoiotatá. Durante a reunião, o vice-governador se colocou à disposição para apoiar estrategicamente o Governo do Amazonas nas ações prioritárias relacionadas ao meio ambiente. 


“Todos aqui trabalhamos por um mesmo objetivo: garantir que o Amazonas se desenvolva, mas com a nossa floresta em pé, por isso esse plano de prevenção ao desmatamento e queimadas é tão importante, afinal é uma prioridade nossa, e por essa razão, conversando com o governador Wilson Lima, me coloquei à disposição para lidar com situações pertinentes a nossa Amazônia como um todo, e destaquei isso aqui na reunião, que coloco a vice-governadoria a disposição da Sema e dos demais órgãos presentes”, ressaltou o Tadeu de Souza.


Na oportunidade, Souza conheceu a estrutura que o Sistema de Meio Ambiente e a Secretaria de Segurança Pública estão planejando para reduzir o desmatamento e as queimadas ilegais no estado. A ideia é incluir também a vice-governadoria no próximo Plano de Prevenção e Combate ao Desmatamento e as Queimadas Ilegais do Amazonas (PPCDQ-AM).


O secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, ressalta a importância do apoio. “O vice-governador se mostrou muito interessado em ter uma função de apoio estratégico para tirar certas ações do papel. Com um novo projeto integrado, vamos ter muito mais oportunidades de captar recursos, em especial, pelo Fundo Amazônia. Já sabemos o tamanho do problema, onde precisamos chegar e contar também com esse apoio será, sem dúvidas, algo muito interessante para a agenda ambiental do Estado”, destacou.


O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Vinícius Almeida, diz ver o envolvimento da vice-governadoria com extrema felicidade. “A gente vê que esse apoio vai ser fundamental para que o Amazonas possa atingir o objetivo de preservar o meio ambiente. Sem dúvida teremos bons frutos em pouco tempo e quem vai ganhar vai ser o povo do Amazonas e, também, o mundo, pois quando trabalhamos pela Amazônia produzimos impacto mundial”, pontuou.


O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Orleilso Muniz, destacou a necessidade de reforçar uma estrutura de governança cada vez mais integrada. “A partir disso, todos os órgãos trabalham de forma convergente, alinhados, o que otimiza recursos, evita sobreposições e lacunas. Certamente é um modelo muito exitoso e muito relevante, pois, a partir desse plano, vamos definir um projeto de Estado fundamental para que possamos continuar avançando em conjunto”, afirmou.


Souza aproveitou a passagem pela Sema para visitar a Sala de Situação, onde são analisados dados de desmatamento, queimadas e índices hidrometeorológicos, além de conhecer o trabalho feito na gestão de Unidades de Conservação do Amazonas. Em seguida, ele seguiu para uma visita no Centro de Monitoramento Ambiental e Áreas Protegidas do Ipaam.


O encontro reuniu o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Vinícius Almeida; o subcomandante-geral da PM, Algenor Teixeira; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Orleilson Muniz; o novo comandante do Policiamento Ambiental, coronel Santarém; o procurador-chefe da Procuradoria de Estado do Meio Ambiente, Daniel Viegas e, representando o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), a analista ambiental Christina Fischer.



FOTOS: Ricardo Machado/Vice-governadoria

Nenhum comentário