Aconteceu!

POLÍCIA PRENDE SUSPEITA DE PARTICIPAR DO HOMICÍDIO DE LÍDER COMUNITÁRIO MORTO A TESOURADAS EM MANAUS

 

Imagem: Reprodução/ AM Post

Mikaelen Ferreira de Almeida, 20, foi presa nessa segunda-feira (23), suspeita de envolvimento na morte do ex-líder comunitário do bairro Coroado, Francisco Ribeiro Reis, 50 anos, conhecido como “Chiquinho”. O crime aconteceu na madrugada do dia 16 de outubro de 2022, dentro da casa da vítima na avenida Cristo Rei, bairro Coroado.

Lander de Souza Diniz Júnior, o “Júnior Menor”, suspeito de assassinar “Chiquinho” com 18 tesouradas, foi morto durante uma troca de tiros com a polícia também em outubro de 2022. Ele era companheiro de Mikaelen e foi descoberto que a mulher também estava na cena do crime.

Horas de morre, “Júnior Menor” fez uma transmissão nas redes sociais e confessou o crime, segundo ele, Chiquinho lhe devia R$ 4 mil.

A polícia ainda descobriu que após o crime, o casal roubou uma quantia em dinheiro de Chiquinho. Júnior Menor foi morto pela polícia na casa onde estava escondido na zona rural de Manaus.

Na época, Mikaelen e o filho do casal estava com eles, mas a família da mulher alegava que eles tinham sido sequestrados pelo assassino de Chiquinho.


Fonte: AM Post

Nenhum comentário