Aconteceu!

POLICIAIS INVESTIGADOS POR CHACINA NO AM-010 TÊM PRISÃO TEMPORÁRIA CONVERTIDA EM PREVENTIVA

(Foto: Divulgação/PC-AM)

Manaus (AM) – Doze policiais militares investigados por uma chacina tiveram a prisão preventiva decretada. A decisão da Justiça do Amazonas tem relação com o crime que ocorreu no dia 21 de dezembro na AM-010.

Segundo o promotor Armando Gurgel, após um pedido da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a mudança de prisão aconteceu no sábado (21). Os suspeitos estavam em prisão temporária, que teve fim após 30 dias, presos no dia 24 de dezembro. Com a mudança, eles devem seguir para o Batalhão Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam).

Relembre o caso

Na manhã do dia 24 de dezembro, a Polícia Civil do Amazonas realizou a prisão preventiva de 12 policiais militares suspeitos de envolvimento na morte de quatro pessoas encontradas no ramal da Água Branca, no quilômetro 32 da rodovia AM-010, no dia 21 de dezembro.

A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), que reforça que as prisões temporárias, com validade de 30 dias, são para fins investigativos. A Justiça acatou os pedidos e os envolvidos já se encontram na unidade prisional da Polícia Militar.

Um Inquérito foi instaurado para apurar os fatos após o compartilhamento de vídeos que mostram os policiais realizando abordagem às vítimas na noite anterior ao dia em que os corpos foram encontrados.

“Após tomar conhecimento das imagens da abordagem da Rocam que circulam na internet, o Comando da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) determinou à Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD) a imediata instauração de um procedimento investigatório para apuração dos fatos.” dizia a nota compartilhada pela SSP-AM.



*PORTAL TUCUMà

Nenhum comentário